5 dicas para criar campanhas no Facebook - Blog Raffcom
 5 dicas para criar campanhas no Facebook

5 dicas para criar campanhas no Facebook

Agora que você já sabe o que é Social Ads e entendeu que utilizar estratégias para esse tipo de anúncio é uma ótima opção de investimento, vamos à parte prática: criar campanhas no Facebook, a principal plataforma para anúncios quando se trata de redes sociais.

Planejamento para criar campanhas no facebook

Um bom planejamento é o que determinará o sucesso da campanha. Por isso, o primeiro passo a ser dado antes de criá-la é planejar como ela será e o que é esperado dela. É necessário questionar e compreender quais são os objetivos da campanha e como o Facebook pode ajudar a atingi-los.

facebook-ads-guide-criar-campanhas-no-Facebook

A plataforma oferece diversas opções de objetivos para as campanhas, com formatos diferentes dependendo dos resultados almejados, como cliques no site, conversões no site, envolvimento com a publicação da página, curtidas na página, instalações do aplicativo, envolvimento com o aplicativo, obtenção da oferta, divulgação nas imediações, participações no evento, promoção do catálogo de produtos, reconhecimento da marca, geração de leads e visualização do vídeo. Portanto, definir o objetivo mais adequado é essencial para criar campanhas no Facebook .

Defina seu público

Planejar também significa escolher bem o seu público-alvo. Definir bem quais serão as pessoas impactadas antes de criar uma campanha é essencial para que ela seja bem-sucedida, pois é a partir dessas pessoas que acontecerá a estruturação.

Com o público a ser atingido em mente, é possível escolher o tipo de comunicação que será utilizada para chamar a atenção e despertar o interesse desses usuários, desde a parte criativa até os textos de apoio.

Para defini-lo, é preciso compreender quem são as pessoas que têm interesse no produto ou serviço e estão dispostas a pagar por ele. Se a empresa tiver uma loja física, procure analisar se há um padrão entre os clientes. Verifique se são, em sua maioria, mulheres ou homens, jovens ou adultos, de alto ou baixo poder aquisitivo, etc.

Caso o negócio seja apenas online, é interessante obter informações sobre o cliente no momento em que ele se cadastra para realizar uma compra. E se a empresa estiver iniciando os seus trabalhos e não houver dados coletados, é válido fazer um estudo do mercado em que ela atuará para traçar o perfil dos potenciais consumidores do segmento em questão.

Depois disso, resta analisar as informações coletadas, criar uma persona (que é basicamente um perfil ficcional do seu consumidor ideal) e direcionar os esforços para atingir esse público-alvo.

Segmente bem

Depois de definir o público-alvo, é necessário fazer uma boa segmentação. Somente impactando as pessoas certas é que a sua campanha terá um bom desempenho e conseguirá atingir suas metas. Sendo assim, procure não direcionar seus anúncios para um público muito amplo. Ao fazer isso, seu anúncio adquire grande alcance, mas com relevância provavelmente baixa.

Você pode restringir seu público através de diversas opções de segmentação, como por local, idade, gênero, interesses, conexões e outros. Para auxiliar o anunciante nesse processo, o Facebook oferece uma ferramenta bastante útil: o Audience Insights.

audience-insights-facebook

Outra ótima opção de segmentação é a utilização dos Públicos Personalizados. Com esse recurso é possível direcionar os anúncios para seus clientes, através de uma lista de telefones ou e-mails.

Há também diversas outras maneiras de tornar a sua segmentação mais específica e, consequentemente, mais assertiva. Você pode, por exemplo, criar públicos de remarketingatingindo pessoas que acessaram seu site, se envolveram com seu Canvas ou assistiram ao seu vídeo.

São inúmeras as possiblidades, resta avaliar qual é a opção mais adequada para sua campanha de acordo com os seus objetivos e com o seu público-alvo. Uma ótima maneira de fazer isso é seguindo a próxima dica!

Faça testes

testes-ab-criar-campanhas-no-Facebook

Faça testes, testes e mais testes! A melhor maneira de saber qual é a segmentação mais adequada para atingir seus objetivos é realizando testes, tal como o A/B. Neste caso, você deve direcionar o mesmo anúncio para diferentes públicos e avaliar qual dos dois desempenha e converte melhor. Depois, basta desativar aquele que tiver os piores números.

Os testes também são uma ótima forma de identificar padrões que dão certo e de gerar insights que podem auxiliar e muito nas próximas campanhas. Se você quiser testar como o usuário reage ao seu anúncio, é possível criar diferentes anúncios e veicular para o mesmo público, alterando as variáveis, tais como imagem, texto e CTA.

Imagem

A primeira coisa que as pessoas olham em um anúncio é a imagem, isso é inquestionável. Se ela não estiver adequada e não chamar a atenção do usuário é bem provável que ele ignore o seu anúncio.

Portanto, se a sua campanha não estiver de acordo com o esperado, uma boa opção de teste é alterar a imagem. Vale utilizar cores diferenciadas, rostos de pessoas atraentes e setas apontando em alguma direção. Esses elementos, assim como inúmeros outros, tendem a despertar o interesse dos usuários.

Texto do anúncio

Depois da imagem, o segundo ponto para onde as pessoas olham é a parte descritiva do anúncio, ou seja, o texto. É importante que ele seja muito bem escrito, contendo todos os detalhes necessários de forma sucinta. Textos grandes definitivamente não são lidos pelos usuários.

Portanto, procure capturar a atenção das pessoas e explicar a elas o que você tem a oferecer de maneira resumida, porém chamativa e instigante.

Lembre-se também de utilizar uma “chamada” no fim do texto de acordo com o seu objetivo. Por exemplo: se seu anúncio tiver o objetivo de cliques no site, ao fim de seu texto insira uma frase orientando o usuário a fazer isso, tal como “Acesse nosso site e confira!”.

Botões de CTA

O Facebook oferece diversas opção de botões de chamada para a ação, os CTA’s, tais como Reservar Agora, Solicitar Agora, Fale Conosco, Saiba Mais, Comprar Agora, Cadastre-se, entre outros. Eles são extremamente úteis, pois levam o usuário a realizar a ação que você quer que ele faça. Você pode, inclusive, inserir um CTA na arte do anúncio.

Use o pixel de conversão

Se a sua campanha é o bolo, o pixel de conversão é a cereja! Ele permite que você rastreie as conversões e saiba as atividades que os usuários fazem depois de visualizarem os seus anúncios. Assim, é possível ter uma noção exata de como ele está desempenhando.

pixel-de-conversao

Além disso, ao utilizar o pixel junto com a opção de lance “Otimizar para conversões no site”, o Facebook mostra automaticamente os seus anúncios para as pessoas mais propensas à conversão.

Outra grande vantagem é a possibilidade de medir o número de conversões e o quanto você está gastando com cada uma delas, podendo modificar os anúncios de acordo com estes números.

Dica extra: entregue conteúdo relevante

entregue-conteudo-relevante

É fato que as pessoas deixaram de comprar apenas por comprar. A cada dia que passa, elas se importam cada vez mais com a essência por trás da marca do que com o produto ou serviço em si.  Compram e seguem determinada marca porque se identificam com ela, com seus propósitos e com o jeito como ela se comunica.

Portanto, não entregue somente propaganda, mas sim conteúdo. Ao oferecer algo exclusivo e realmente interessante para o seu público, você aumenta as chances de que ele se engaje e se interesse cada vez mais pela sua empresa.  Para isso você pode utilizar o nosso Guia completo de boas práticas para Social Media.

Espero que estas dicas lhe sejam úteis e que você tenha sucesso para criar campanhas no facebook! E se surgirem dúvidas ou sugestões, por favor, deixe seu comentário.

Até o próximo post!

                    victor_dognini

Victor Dognini

Analista de Social Ads

blog@raffcom.com.br

Cadastre seu e-mail
I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )
Coloque o seu e-mail ao lado para receber as atualizações do blog!
Fique tranquilo, pois nós também odiamos spam. Seu endereço de e-mail não será vendido ou compartilhado.
Continue lendo

Otimização de conversão (CRO)

Que empreendedor nunca sonhou em aumentar o faturamento do seu negócio online, sem necessariamente aumentar os investimentos em aquisição de tráfego? Atingir esse cenário é realmente possível com a utilização da estratégia conhecida como otimização de conversão ou CRO (Conversion Rate Optimization). O que é otimização de conversão (CRO)? Antes de nos aprofundarmos sobre o […]

Otimização de aplicativos: A evolução do SEO

A maneira mais eficiente de deixar qualquer site bem posicionado nos resultados orgânicos dos buscadores é a utilização de técnicas de SEO. Essas técnicas fazem com que o conteúdo seja encontrado com mais facilidade pelos usuários, de acordo com as palavras-chave utilizadas. Com aplicativos isso não é diferente. Eles precisam se destacar para serem encontrados […]

Como interagir com seus clientes nas Redes Sociais

Segundo um estudo da eMarketer, até o final de 2017 haverá 97.8 milhões de pessoas utilizando redes sociais no Brasil, o que corresponde a praticamente metade da população que aqui habita. Isso evidencia um fato inquestionável: as mídias sociais são verdadeiros canais de comunicação em massa. Da mesma forma que a televisão, por exemplo, elas […]