7 dicas para dar adeus ao Spam

Para quem está pegando o trem agora, vale relembrar que o envio de e-mail marketing é uma prática bastante tradicional e que gera resultados satisfatórios quando feito da forma certa. Além de elevar a taxa de cliques, também aumenta as conversões e gera clientes fiéis.

Entretanto, nem tudo é magia por aqui. Com grandes conversões vêm grandes responsabilidades e sim, estamos falando da alta taxa de spams que nos assombra, oriunda da frequência alta do disparo de e-mails ou pela negligência com relação aos cuidados necessários antes de cada envio.

Para evitar que isso aconteça, separamos 7 dicas para dar adeus ao spam e aumentar sua taxa de cliques e conversão.

Todos prontos? Vamos lá.

NÃO UTILIZE SOMENTE IMAGEM

Um bom e-mail marketing deve ser composto por texto e imagens e, posteriormente, convertido para html. Para isso, utilize um bom banco de imagens, dando preferência para o banco da própria ferramenta de disparo.

Na hora de fatiar o seu e-mail, lembre-se de não economizar nas fatias para depois montar seu layout novamente em html. Nossa dica é que você utilize o Notepad++ para configurar seu html, ele é leve e não leva comentários que identificam o programa de origem no cabeçalho do código.

Confuso? Entenda melhor aqui, neste post com dicas para deixar o html mais limpo para e-mail marketing.

CUIDADO COM A CHAMADA

Usar CTAs como “compre agora”, “compre aqui”, “grátis” e “clique aqui”, pode ser a garantia de e-mail para caixa de spam. Por isso, busque por alternativas como “conheça mais”, “quero!” e “tenho interesse”.

FUJA DAS MÍDIAS

O uso de áudios e vídeos no corpo do e-mail o torna pesado e aumenta o risco de alerta de spam. Opte por imagens com links que podem direcionar o usuário ao vídeo.

FIQUE ATENTO AO LINK DE DESTINO

Busque sempre por links limpos, evitando expressões como “emkt” e “mailmkt”, assim você evita que o detector de spam reduza seu alcance. Lembre-se de jamais anexar um link de destino com arquivos *.exe, *.scr, *.prf ou *.dll.

UTILIZE SOMENTE REMETENTES VÁLIDOS

Evite utilizar um e-mail remetente que não seja válido, como os [email protected] Além de aumentar a chance do e-mail cair no spam, você corre o risco de perder vendas.

PERSONALIZE SUA MENSAGEM

Comandos para personalizar os e-mails com os dados dos destinatários existem e são mais do que bem-vindos, pois farão com que cada mensagem seja personalizada e  diminuam as chances de se tornar spam.

CERTIFIQUE-SE DE QUE SUA BASE É LIMPA

A garantia de sucesso está sempre na sua base. De nada adianta ter o contato de cinquenta mil pessoas se somente mil forem válidos. Faça uma faxina, retire os e-mails inválidos (você pode fazer isso através de ferramentas) e o mais importante: segmente! Não é porque o cliente “A” gosta de tal produto que o cliente “B” também vai gostar. Procure segmentar por cidade, sexo, profissão, interesses, dentre outros aspectos que identificar.

Anotou tudo? Agora é só colocar em prática. Depois, compare seus resultados anteriores com os obtidos após as dicas forem aplicadas.

Não esqueça de comentar aqui embaixo como ficou seu desempenho e fique à vontade para tirar suas dúvidas também.

[optinform]

[sc name=”janaina-fischer”]