Qual a importância e como fazer a análise e a captação de palavras-chave
 Qual a importância e como fazer a análise e a captação de palavras-chave

Qual a importância e como fazer a análise e a captação de palavras-chave

Para que os consumidores encontrem alguma informação acerca do seu site no Google, é imprescindível que essas informações se sobressaiam nos primeiros resultados oferecidos pelo buscador. Por este motivo, quem trabalha com marketing digital e, principalmente, com SEO precisa estar atento à captação de palavras-chave e à melhor maneira de usá-las em seu favor, para não ficar para trás.

O primeiro passo é saber exatamente o que o público alvo está pesquisando e, assim, descobrir as principais dúvidas referente ao segmento.

Para as estratégias de marketing de conteúdo e SEO OnPage serem bem sucedidas, elas precisam ter essa análise antes de qualquer outra coisa. Com isso os conteúdos produzidos serão mais completos e responderão mais dúvidas dos leitores.

Qual a importância da correta captação de palavras-chave?

Além de um melhor conhecimento sobre o mercado, as palavras-chave são importantes para aproveitar oportunidades e oferecer respostas e resultados ideais aos usuários.

No marketing digital não existe melhor forma de saber o que as pessoas estão buscando e quais são as suas necessidades e interesses do que a análise e captação de palavras-chave. Em resumo, esses dois pontos podem direcionar as estratégias de SEO e links patrocinados. Além de guiar toda a estratégia de marketing de conteúdo.

captação-de-palavras-chave

4 dicas do Google para construir uma boa lista de palavras-chave

De acordo com a própria empresa, 94% das pesquisas realizadas na internet são feitas pelo buscador do Google. Sendo assim, separamos uma lista com 4 dicas da plataforma para melhorar seu posicionamento.

1. Seja específico

Não utilize somente a palavra “papel de parede”, por exemplo. Procure utilizar termos mais específicos, como “papel de parede texturizado para sala”. Desta maneira o público será mais segmentado, além da concorrência ser melhor.

2. Use ferramentas

Para determinar o volume de busca e sugestões de novos termos relacionados, o Google indica o Google Keyword Planner. Mas existem outras ferramentas que podem ser utilizadas. Como será possível conferir na sequência do post.

3. Palavras negativas

Esta dica está relacionada ao Google Adwords, onde é possível escolher as palavras-chave para as quais o site não deseja aparecer.

4. Pense no público-alvo

Procure imaginar os termos que o seu público buscaria para encontrar os produtos do seu segmento.

As melhores ferramentas para pesquisa de palavra-chave

Existem muitas ferramentas que ajudam nessa etapa e, com a ajuda delas, é possível criar extensas listas de palavras-chave. Abaixo selecionamos algumas das melhores ferramentas, pagas e gratuitas, disponíveis no mercado.

“Autocomplete” do Google

autocomplete-google-captação-de-palavras-chave

Para usar essa “ferramenta” basta digitar uma palavra ou frase na caixa de pesquisa do Google. Assim, aparecerão termos semelhantes ao que você está procurando.

O algoritmo de autocomplete do Google é baseado em diversos fatores, incluindo quantas vezes aquele determinado termo foi buscado no passado. Ele é extremamente útil se você estiver procurando long tails baseadas em uma palavra, por exemplo:

Übersuggest

ubersuggest-captação-de-palavras-chave

Como o nome sugere, a Übersuggest é uma ferramenta de sugestão de palavras-chave. Ela extrai dados dos buscadores e, para começar a usar, basta adicionar o termo escolhido acrescido de uma letra na sequência para que a ferramenta ofereça as melhores sugestões.

Apesar de útil, ela é uma ferramentas básica, ideal apenas para gerar ideias de novas palavras-chave. Com ela é possível descobrir termos que ainda não tinham sido pensados.

Planejador de palavras-chave

keyword-planner-do-google-captação-de-palavras-chave

O Keyword Planner do Google é, sem dúvidas a ferramenta mais usada para a busca de palavras-chave. Ela permite que os usuários do Google AdWords tenham novas ideias de grupo de anúncios e, assim, agrupem palavras semelhantes. Além de sugerir novas palavras, a ferramenta também oferece o volume de buscas mensais bem como o valor médio do clique.

Esta ferramenta pode ser usada no início do projeto, já que oferece inúmeras ideias de palavras-chave. No entanto, ela não deve ser usada com exclusivamente, já que podem ser perdidas grandes oportunidades com valiosas palavras-chave de long tail.

Keyword Tool

keyword-tool-captação-de-palavras-chave

A Keyword Tool é muito parecida com a Übersuggest, pois ela também utiliza o autocomplete do Google para dar as sugestões. O diferencial é que ela oferece até 750 sugestões por palavra-chave.

É importante saber que a ferramenta funciona em 83 línguas e 129 domínios de Google (.com.br, .com.uk, .com.ar…) e, desta maneira, filtra apenas os países que são ideais para o seu planejamento.

Outro diferencial é que a Keyword Tool gera, automaticamente, sugestões em ordem alfabética para frases que incluem palavras antes e depois do termo utilizado. E se o objetivo for captar palavras-chave de long tail, a Keyword Tool é a mais indicada.

SemRush

semrush-captação-de-palavras-chave

Se a pesquisa de palavras-chave necessita de um maior profissionalismo, a ferramenta indicada é a SemRush. Considerada uma das mais famosas ferramentas de SEO e de pesquisa de palavras-chave, ela oferece a possibilidade de realizar pesquisas com muito menos esforço e resultados muito mais satisfatórios.

Além disso, ela possui várias funcionalidades que auxiliam consideravelmente no dia a dia de profissionais de marketing digital, administradores de sites, blogs e lojas virtuais.

Com a SemRush é possível fazer a análise e posicionamento de um site, análise das palavras-chave da concorrência, pesquisa de palavras-chave, dificuldade da palavra e as suas tendências durante os meses do ano.

Por ser tão completa ela não é gratuita e seus planos variam entre US$ 99 e US$ 199 dólares.

A captação de palavras-chave é um processo contínuo e duradouro. Por isso, se a escolha dessas palavras for feita de maneira certa logo no início do projeto, as estratégias de SEO OnPage e de conteúdo possuem grandes chances de se tornarem bem sucedidas.

Após definir as palavras, é hora de implementá-las nas páginas do site e usá-las como base para criar conteúdos. Depois é preciso analisar periodicamente e esperar os resultados.

Mas se o seu objetivo é obter os melhores resultados e em menos tempo, o ideal é fazer uma estratégia de link building, como explicamos neste post.

Até mais!

Jackson Belink Analista de SEO

Jackson Belink

Analista de SEO

blog@raffcom.com.br

Cadastre seu e-mail
I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )
Coloque o seu e-mail ao lado para receber as atualizações do blog!
Fique tranquilo, pois nós também odiamos spam. Seu endereço de e-mail não será vendido ou compartilhado.
Continue lendo

Estratégia em redes sociais: você está conversando com seu público-alvo?

Conhecer a fundo o perfil do público-alvo — suas necessidades, desejos e motivações — é primordial para o desenvolvimento de qualquer estratégia em redes sociais de sucesso. No entanto, para muitas empresas, “acertar o tom” da conversa ainda é um grande desafio. Afinal, antes de investir em táticas de venda e apresentação do produto, é […]

Segurança de dados LGPD: como se adequar?

Você já ouviu falar em segurança de dados LGPD? Sabe como ela pode fazer a diferença para o bom andamento dos negócios na era da internet? Sancionada em 2018, a Lei Geral de Proteção de Dados é de extrema importância para garantir a segurança das informações armazenadas e compartilhadas pelos usuários ao redor do mundo. […]

Conheça 4 ferramentas gratuitas de e-mail marketing

Já destacamos neste post, o que você deve fazer para escolher um disparador que se adeque as suas campanhas. Agora é hora de indicar algumas ferramentas gratuitas de e-mail marketing para impulsionar e facilitar o alcance dos melhores resultados. Se você deseja navegar na internet e aproveitar ao máximo suas funcionalidades, será crucial ter um […]

5 tendências de Business Intelligence (BI) para 2018

Nos últimos anos, o surgimento de várias tendências influenciou significativamente no modo como as organizações trabalham, interagem, comunicam, colaboram e se protegem. Segurança de dados, inteligência artificial (AI), armazenamento em nuvem são os principais impulsionadores dessa evolução tecnológica. E não seria diferente no uso de softwares e tecnologias para Business Intelligence (BI) e  Web Analytics. […]