Business Intelligence: Informação Analisada que Potencializa Negócios
 Business Intelligence: para potencializar negócios

Business Intelligence: para potencializar negócios

Hoje vivemos a era do Big Data e Business Intelligence (BI), o tempo de grandes negócios com milhares de dados gerados por segundo. Contar com um profissional que colete, analise e dissemine estrategicamente essa quantidade imensa de informação, deixou de ser um diferencial competitivo e se tornou uma necessidade para as agências de marketing digital que objetivam competir no cenário global.

Grandes e médias empresas estão se estruturando para atender suas necessidades de inteligência de dados. Apesar de serem assuntos do momento, BI e Big Data são coisas diferentes, que se complementam.

O que é Big Data?

Big Data é um sistema que lida com um volume gigantesco de dados, estruturados ou não, e em alguns casos manipulados somente por mainframes (computadores de grande porte), suportado por ferramentas robustas e caras, sem falar na equipe que opera pesado toda essa plataforma.

Quais setores do mercado, mais precisam e contam com os serviços de Big Data para “prever o futuro”?

Bancos, Telefonia, Companhias Aéreas, Petroquímicas, Pesquisadores, Sistema Meteorológicos e o próprio Google.

Então o que o profissional de BI faz?

O Analista de BI é aquele profissional com visão estratégica, atento a todos os setores de atuação da empresa, tirando aprendizados e insights para aplicar nas suas estratégias e munir todo o time com dados e informações altamente relavantes.

Áreas de atuação para o profissional de BI:

Agências de publicidade e marketing digital, Instituições de Desenvolvimento de Políticas e Programas de C&T, Instituições de Ensino, Organizações de Pesquisa e Fomento, Automobilismo, Bem-estar e Cosméticos.

oracle-business-intelligence

A Oracle – empresa que se dedica a lançar inovações e simplificar a TI, elencou atividades do Analista de BI:

  • Reage ma is rapidamente as mudanças nas condições dos negócios
  • Detecta e desfaz gargalos na cadeia de suprimentos
  • Fornece informações seguras onde e quando necessário
  • Identifica áreas com potencial para economia de custos e muito mais…

Portanto, contar com um profissional de BI é obrigatório. Já Big Data depende do volume de dados que se quer manipular e o momento em que sua empresa esta neste processo.

O maior desafio das empresas hoje é conseguir inserir BI como elemento estratégico nas decisões. Por isso, afirmo: para alcançar um modelo de gestão da informação e do conhecimento é preciso maturidade, investimento, espírito inovador e profissionais qualificados atentos as tendências de mercado. Algumas agências entenderam este movimento e mudaram suas formas de planejar campanhas e ações no meio digital. Aqui na Raffcom, temos um setor de BI que mune o time com dados e informações estratégicas, a fim de otimizar processos e potencializar campanhas.

Fontes:

Oracle
Computer World
IHAC UFBA
Jornal da Manhã

Cadastre seu e-mail
I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )
Coloque o seu e-mail ao lado para receber as atualizações do blog!
Fique tranquilo, pois nós também odiamos spam. Seu endereço de e-mail não será vendido ou compartilhado.
Natan Amboni de Souza Analista de Business Intelligence

Natan Amboni de Souza

Analista de Business Intelligence

blog@raffcom.com.br

Continue lendo

A Raff em Livros – Parte I

Uma parte dos nossos criativos abriram seus corações  e compartilharam conosco o nome de um livro e tudo o que essa obra representa para cada um deles. Ficou curioso? Veja a primeira parte da nossa lista e inspire-se! Do escritor e empreendedor Flávio Augusto. É um livro muito fácil de ler e mostra em pequenos textos […]

Por que e-mail marketing? Porque funciona!

Muito já se falou sobre o fim do e-mail, principalmente devido ao forte crescimento de novas formas de comunicação, porém, o fato é que o e-mail marketing continua firme, forte e gerando excelentes resultados. Segundo dados da McKinsey, empresa americana referência em consultoria empresarial, os e-mails são 40 vezes mais eficientes para adquirir novos clientes do […]

Jogo de cintura: a comunicação na gestão de crise de marca

Toda empresa está suscetível a uma situação de crise de marca. Saber a melhor maneira de contorná-la é o que diferencia quem sobrevive de quem entra na mira do consumidor. Levantamento de dados, pesquisa de mercado, planejamento estratégico, testes e mais testes e muito mais. Existem vários recursos disponíveis para ajudar a minimizar as chances […]