Como criar campanhas de Links Patrocinados? - Blog Raffcom
 Como criar campanhas de Links Patrocinados?

Como criar campanhas de Links Patrocinados?

Agora que já vimos o que são Links Patrocinados e entendemos a sua importância em uma estratégia de Marketing Digital, o que você acha de criarmos uma campanha juntos?

Nesse artigo, vou ensinar você a como criar, configurar e segmentar anúncios dentro do Google AdWords, que é extremamente completo e intuitivo, perfeito para começarmos a trabalhar com campanhas de Links Patrocinados.

Mas antes de irmos ao passo a passo, é importante você compreender algumas questões estruturais que contribuem para o sucesso de qualquer campanha de Links Patrocinados.

Quer aprender? Então vamos lá.

Iniciando a Criação de Campanhas

iniciando-campanha-links-patrocinados-google-adwords

Antes da criação de qualquer campanha de Links Patrocinados é preciso definir um objetivo claro e específico. Como dentro do Google AdWords vamos trabalhar com diferentes públicos e segmentações, ter um objetivo definido irá ajudar você a escolher qual formato de campanha será utilizado, qual será a segmentação e quanto de investimento será preciso.

Para que isso fique mais claro, vamos utilizar um exemplo. Vamos supor que um chaveiro que atende 24h gostaria de anunciar no AdWords, porém ele está em dúvida sobre qual formato de anúncio será mais rentável para ele: rede de Display ou de Pesquisa.

Objetivo para a campanhas de Links Patrocinados

Antes de saber qual o formato de anúncio ele deve utilizar, o chaveiro precisa se preocupar com o objetivo desse anúncio. É um anúncio de branding? De venda? Definindo isso fica mais fácil traçar um planejamento e atingir o resultado esperado.

Nesse caso, o objetivo do chaveiro é ser achado no Google quando alguém procurar por “chaveiro em são paulo”. Com isso, é mais rentável investir em anúncios de pesquisa, em vez de anúncios de display, que são mais direcionados a estratégias de branding.

Definir um objetivo é o primeiro passo para qualquer estratégia em Links Patrocinados, pois é necessário saber o motivo de estar anunciando, para que se consiga mensurar os resultados obtidos.

Tipos de campanha

Após definir o objetivo do seu anúncio é momento de identificar qual formato de campanha é o mais indicado e supri melhor as suas necessidades.

Para isso, o Google AdWords trabalha com seis diferentes tipos de anúncios:

  • Rede de Pesquisa com Exibição em Display: Campanha que trabalha com as duas redes priorizando a exibição em rede de pesquisa, e exibindo uniformemente os anúncios de texto na rede de display.
  • Pesquisa: Anúncios exibidos na pesquisa do Google.
  • Display: Anúncios exibidos em grandes portais parceiros do Google. (Sites de notícias, blogs.)
  • Google Shopping: Anúncios exibidos na rede de pesquisa, porém comparando preços. Disponível apenas para e-commerces.
  • Vídeo: Anúncios em vídeo exibidos na rede do Youtube e em sites parceiros do Google.
  • App: Anúncios exibidos em aplicativos da Google Play Store.

Identificar de forma correta qual o tipo de anúncio você deve utilizar, baseado no seu objetivo, é um dos pontos cruciais, pois fazendo uma má escolha nessa fase do processo você poderá colocar em jogo todo o trabalho que está por vir.

Orçamento e segmentação

orcamento-segmentacao-campanha-links-patrocinados-google-adwords

Antes de darmos continuidade as configurações da campanha, precisamos definir dois pontos importantes: a segmentação e o orçamento.

É preciso saber quanto você está disposto a investir por mês com os anúncios, para então poder dividir esse valor pelos dias em que a sua campanha estará no ar. Além disso, é necessário definir quais os tipos de segmentação que você irá utilizar, seja por local, idioma, cidade, estado, país ou até raio.

Mas lembre-se: quanto maior a sua região de segmentação, maior deve ser o orçamento diário para que os anúncios consigam ser entregues o dia inteiro e para toda a região escolhida.

A escolha do tipo de campanha que você optou na etapa anterior interfere diretamente no orçamento e na segmentação, pois cada uma delas possui uma característica própria de funcionamento e gerenciamento. Por isso faça tudo com planejamento e analise qual proposta é mais viável e rentável para o seu projeto.

Palavras-chave

correspondencia-palavras-chave-campanha-links-patrocinados-google-adwords

As palavras-chave são a alma da campanha, afinal, são através delas que seu anúncio será ativado na busca do usuário, por isso precisam ser escolhidas de uma maneira bem estruturada.

Elas devem ser compostas com mais de um termo para evitar que os anúncios sejam exibidos em pesquisas desnecessárias, prejudicando a sua taxa de interação (CTR: Click Through Rate) entre anúncio e usuário.

Na maioria das vezes a estruturação destas palavras-chave pode ser um pouco difícil, mas para facilitar, basta imaginar a resposta para a seguinte pergunta: Como o cliente final do anunciante pesquisaria tal serviço/produto no Google? A partir disso, já começamos a ter insights de palavras-chave.

Eu sugiro que você anote todas as palavras de que teve ideia em uma planilha e depois faça uma seleção das que possuem maior relevância e volume de busca.

Para identificar esses fatores, algumas ferramentas podem ser úteis, como o Google Analytics, o Google Search Console e a SEMrush. Inclusive o próprio Google AdWords tem um recurso chamado “Planejador de Palavras-Chave” que nos ajuda a ter ideia da concorrência e estimativa de cliques que cada determinada palavra possui.

Um erro que muitas pessoas cometem é colocar 50 palavras-chave para um anúncio. É importante salientar que quando falamos de palavras-chave, qualidade é melhor do que quantidade. Portanto, se você acha que aquelas 3 ou 5 palavras são o suficiente para o usuário entrar em contato com o anunciante, perfeito!

Correspondências de palavras-chave

As correspondências são símbolos que associamos a cada palavra-chave da campanha, com o objetivo de aumentar a apresentação do nosso anúncio às pessoas que pesquisam por aquele termo.

Temos quatro tipos de correspondência, e a mais utilizada é a ampla, por ser a correspondência padrão do Google AdWords sempre que adicionamos uma nova palavra-chave.

Mas apesar de ser a mais usada, devemos dar relevância às demais correspondências.

Correspondência ampla

A correspondência ampla é utilizada como padrão em todas as palavras-chave adicionadas no Google AdWords. Ela funciona de uma forma muito abrangente, associando você a qualquer busca que contenha ao menos um termo da sua palavra-chave, independente de variações ou erros ortográficos.

Por exemplo, se utilizarmos a palavra-chave de correspondência ampla “tênis azul” em nossa campanha e houver uma pesquisa pelo termo “camiseta azul”, o anúncio pode ser exibido devido ao termo em comum, “azul”.

Correspondência ampla modificada

Utilizando o símbolo de “+” na frente de cada termo da palavra-chave, modificamos a exibição apenas para pesquisas que contenham o termo modificado ou variações aproximadas (não sinônimos), podendo ser pesquisado em qualquer ordem.

Exemplo de palavra-chave: +Tênis +Azul

Exemplo de pesquisa: Melhores preços de Tênis Azul

Correspondência de frase

Utilizando o símbolo “aspas” na palavra-chave, modificamos a exibição apenas para pesquisas que contenham a palavra-chave inteira ou com variações aproximadas em uma frase pesquisada.

Exemplo de palavra-chave: “Tênis Azul”

Exemplo de pesquisa: Onde comprar um Tênis Azul em São Paulo

Correspondência exata

Utilizando o símbolo de colchetes na frente e ao final da palavra-chave, modificamos a exibição apenas para pesquisas que sejam exatas ao termo ou variações muito próximas.

Exemplo de palavra-chave: [tênis azul]

Exemplo de pesquisa: tênis azul

Exibição de Anúncios

exibicao-anuncios-campanha-links-patrocinados-google-adwords

Após a definição das palavras-chave está na hora da sua campanha ir para a exibição. Esse é o momento onde você poderá visualizar melhor todo o trabalho feito até agora, planejando e executando cada uma das etapas.

Mas é importante entender que o serviço não para por aqui, é necessário trabalhar em cima do conteúdo dos anúncios, assim como configurá-los em grupos, como forma de organizar e conseguir medir seus resultados de maneira eficaz.

Anúncios

Seja o mais claro possível quando falar do produto/serviço anunciado, isso evita deixar alguma dúvida na cabeça do usuário e potencializa as chances dele clicar no seu anúncio e efetuar uma conversão.

Outro fator importante que você deve levar em consideração são os CTAs (Chamadas para ação).  Chamadas bem elaboradas garantem um maior engajamento com o usuário e diferencia você dos demais anúncios. Elaborando CTA’s criativos é mais fácil você induzir o usuário a realizar uma ação.

Quando falamos de anúncios a pior coisa que você pode fazer é ser genérico, portanto seja específico no que você está anunciando. Se você estiver vendendo uma geladeira, anuncie “geladeiras em promoção” ao invés de “eletrodomésticos em promoção”. Utilize o produto específico, e não a categoria em que ele está inserido, isso traz mais relevância e resultado à sua campanha.

Outra dica bacana é deixar em torno de 3 anúncios iguais rodando, mas com textos diferentes, com a intenção de testar qual deles traz maior retorno.

Grupos de anúncios

Podemos imaginá-los como pastas que organizam a nossa campanha. Dentro de um grupo, vamos unir anúncios e palavras-chave de forma que tenham uma relação relevante entre si, afinal queremos garantir um alto índice de qualidade e gastar o menor valor possível do nosso orçamento.

Mas como faremos isso? É fácil, após uma boa análise das palavras-chave, vamos criar anúncios baseados nessas palavras e que vão de encontro, principalmente, com a página do site que será atribuída.

Extensões de anúncio

campanha-links-patrocinados-google-adwords-extensoes-de-anuncio

A extensão é um recurso extremamente relevante para o CTR, que é a taxa de aproveitamento entre anúncio e usuário. Nela, adicionamos diversas informações relevantes sobre o anunciante, como número de telefone, endereço de loja física ou algum diferencial entre os concorrentes.

É essencial que todas as campanhas tenham extensões, afinal quanto mais conteúdo relevante exibirmos, maior visibilidade teremos para nossos usuários.

As extensões podem ser adicionadas no campo “Configurações” durante a elaboração da própria campanha ou após a sua criação, na aba de “Extensões”.

Criando a sua campanha de Links Patrocinados

Como disse no início do texto, era importante compreendermos todas as etapas de uma campanha antes de realmente iniciarmos uma. Entender a essência de cada etapa ajuda a você não fazer uma campanha de maneira mecanizada, sem uma base de planejamento.

E como você obteve essa base até aqui, chegou a hora de colocarmos a mão na massa!

Está preparado?

Primeiro passo: Tenha uma conta no Google AdWords

Antes de tudo é necessário que você tenha uma conta no Google AdWords. Mas calma, pois se você ainda não possui é rápido e fácil de cadastrar-se.

Não é necessário possuir uma conta do Gmail, você pode usar endereços eletrônicos de outros servidores como Yahoo ou Hotmail. Mas é preferível a utilização de um e-mail do próprio Google, pois com apenas uma conta você consegue acessar várias plataformas, como o Google AdWords e o Google  Analytics.

Com isso, basta entrar no site do Google AdWords, fazer login com seu e-mail do G-mail e clicar em COMEÇAR AGORA.

campanha-links-patrocinados-google-adwords

Iniciando a campanha de Links Patrocinados

Após entrarmos no AdWords, vamos criar nossa campanha clicando no menu suspenso na parte superior chamado “Campanhas”. Depois vamos descer um pouquinho a tela e ir até o botão vermelho “+Campanha”. Após clicarmos, serão exibidos todos os tipos de campanhas disponíveis. Escolha a que melhor supri sua necessidade e vamos à diante.

Vou utilizar como exemplo a criação de uma campanha de pesquisa.

como-iniciar-campanha-links-patrocinados-google-adwords

Configurações

Após selecionarmos a campanha, seremos transferidos para esta tela, na qual vamos definir as configurações da campanha.

Vamos dar um nome à campanha, e logo em seguida selecionar a opção “Todos os Recursos”, assim teremos acesso a recursos avançados como a programação dos horários de exibição da campanha, dias da semana e etc.

configuracao-campanha-links-patrocinados-google-adwords

Descendo um pouco a tela, vamos encontrar as seguintes opções: Locais, Estratégias de Lance e Orçamento.

Na configuração de “Locais” vamos selecionar as cidades, estados ou país que você quer que seus anúncios sejam exibidos.

Caso seja para o país todo, basta deixar selecionado Brasil, mas caso você queira regiões mais específicas, clique em “deixe-me escolher” e em “adicionar” quando tal cidade aparecer.

Após isto, iremos selecionar as “Estratégias de Lances”, que são os lances para as suas palavras-chave.

Em “Orçamento” vamos definir o valor que estamos dispostos a gastar com nossa campanha diariamente. Para se basear em um orçamento ideal, sempre leve em consideração a sua região de segmentação, para que seus anúncios consigam ser exibidos em todos esses lugares durante todo o dia.

configuracao-orcamento-campanha-links-patrocinados-google-adwords

Logo após isto, seremos levados para a criação do “Grupo de anúncios”, que você pode nomear como quiser. É lá que vamos definir o primeiro anúncio da campanha.

configuracao-grupo-anuncios-campanha-links-patrocinados-google-adwords

Abaixo da criação do anúncio, temos um espaço para adicionar as palavras-chave. Caso não tenha encontrado muitas palavras relevantes, você pode adicionar algumas que aparecem como sugestão do lado direito.

Mas lembre de não utilizar termos genéricos, pois estes não agregam em nada na sua campanha.  Tente pensar como o seu cliente em potencial buscaria você no Google, e coloque apenas as palavras que passam maior relevância.

configuracao-palavras-chave-campanha-links-patrocinados-google-adwords

Após isto, basta apenas clicar em “Continuar” e pronto, a sua primeira campanha de Google AdWords estará criada.

Análise a sua campanha de Links Patrocinados

analise-campanha-links-patrocinados-google-adwords

Após colocar em prática sua campanha de Links Patrocinados, não se esqueça de monitorá-la diariamente, assim você consegue ter um maior controle sobre os anúncios que têm melhor desempenho e os que precisam ser modificados.

Um último ponto que gostaria de frisar: tenha sempre em mente que para obter bons resultados nessa poderosa ferramenta é preciso de muito planejamento e foco. Portanto, tenha atenção em cada etapa, só assim você poderá garantir bons resultados no final.

Acredito que por hoje é só, afinal é hora de deixar você planejar a sua própria campanha, não é?

Ficou com alguma dúvida ou tem alguma sugestão? Escreve aí, será um prazer conversar com você.

Fique atento aos próximos posts, pois volto em breve com muito mais conteúdo sobre a ferramenta de anúncios mais utilizada em todo o mundo.

Grande abraço!

Cadastre seu e-mail
I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )
Coloque o seu e-mail ao lado para receber as atualizações do blog!
Fique tranquilo, pois nós também odiamos spam. Seu endereço de e-mail não será vendido ou compartilhado.
gabriel italianni analista links patrocinados

Gabriel Italianni

Analista de Links Patrocinados

blog@raffcom.com.br

Continue lendo

O que é UI – User Interface?

Nos últimos anos, com a expansão de tecnologias em geral, muitas empresas começaram a investir na criação de sites, aplicativos e softwares, tudo isso com a intenção de estreitar ainda mais o laço entre as marcas e os consumidores. Para facilitar essa aproximação, foi necessário entender os inúmeros pontos que fazem parte de uma interação […]

6 ferramentas de Social Ads que fazem toda diferença nas campanhas

Agora que você é quase um mestre Jedi no assunto Social Ads, já deve ter percebido que as plataformas de mídias sociais são um meio incrível de as empresas se conectarem com seu público-alvo. O problema é que, no dia a dia atarefado de uma empresa, não sobra tempo para que o essas redes sejam […]

Tendências de SEO de 2018

Todos os anos, os webmasters ficam esperando para saber quais serão as tendências de SEO e quais fatores de rankeamento o Google irá priorizar. Como já sabemos, SEO é um conjunto de técnicas para conseguir as melhores posições na search do Google, e só se consegue um bom resultado quando a experiência do usuário é […]