Como fazer Social Analytics? Blog Raffcom - Agência Full Service
 Como fazer Social Analytics

Como fazer Social Analytics

Agora que você conheceu o significado desta área, que vai muito além do monitoramento de mídias sociais (MMS), é hora de entender como fazer Social Analytics. A principal mudança que ocorreu nos últimos anos, principalmente a partir de 2010, foi a relevância que as tarefas de inteligência ganharam para os negócios.

Old Social Analytics Analyst: trabalho humano “manual” de categorizar posts em sistemas de monitoramento.
New Social Analytics Analyst: trabalho com auxílio da inteligência artificial (AI), com uso de Big Data e análise de dados (Business Intelligence).

Se você se identificou com algum desses perfis, continue acompanhando o post, pois iremos apresentar o retrato dos profissionais que trabalham nesta área e também as multi possibilidades de atuação. Vamos lá?

PERFIL DO PROFISSIONAL DE INTELIGÊNCIA

Na pesquisa O profissional de inteligência de mídias sociais no Brasil – 2016, elaborada pela Analista de Inteligência Ana Claudia Zandavalle, buscou-se gerar informações estratégicas para os profissionais de agências e definir o perfil de quem trabalha com o Social Analytics. Ao todo, foram 368 pessoas entrevistadas.

Vamos conhecer quem são esses profissionais?

Dados demográficos (região)

– 59% (média 217 pessoas) Sudeste;
– 14% (média 51 pessoas) Sul;
– 13% (média 48 pessoas) Nordeste;
– 10% (média 37 pessoas) Centro-Oeste;
– 4% (média 15 pessoas) Norte.

Obs.: A região Sudeste continua concentrando o maior número de profissionais do ramo.

Dados demográficos (gênero)

– 52% gênero feminino;
– 48% gênero masculino.

Obs.: As mulheres continuam dominando o mercado.

Dados demográficos (faixa etária)

– 48% (média 177 pessoas) 26 a 32 anos;
– 32% (média 118 pessoas) 18 a 25 anos;
– 14% (média 51 pessoas) 33 a 39 anos;
– 6% (média 22 pessoas) 40 a 46 anos;
– 1% (média 4 pessoas) 47 a 54 anos.

Obs.: 80% dos profissionais são relativamente novos, pertencentes à geração X e Y.

Formação e estudos (graduação que fizeram)

– 48% (média 22 pessoas) Outros;
– 27% (média 99 pessoas) Publicidade e Propaganda;
– 18% (média 66 pessoas) Jornalismo;
– 7% (média 26 pessoas) Relações Públicas.

Obs.: A área que prevalece é do conhecimento em Ciências Sociais Aplicadas.

Campo de atuação (áreas que mais participam da rotina de trabalho)

– 74% Planejamento;
– 61% Conteúdo;
– 46% Mídia;
– 39% Projetos;
– 39% Atendimento;
– 39% Criação;
– 20% Outros.

Obs.: As horas de trabalho deste profissional são, em sua maioria, destinadas ao planejamento e à produção de conteúdo.

Com o auxílio dos dados levantados, iremos personificar esse profissional por meio de uma buyer persona. Ela se chamará Ana Tereza.

BUYER PERSONA: ANA TEREZA

como-fazer-Social-Analytics

Ana tem 27 anos e mora em São Paulo. Atualmente, está de emprego novo em uma agência de marketing digital de médio porte, na região Oeste da capital. É formada em Publicidade e Propaganda e atua como Social Analytics Analyst. Sua rotina diária é focada em planejamento, produção de conteúdo e análise de dados.

Com relação aos seus interesses e ideais, ela é super antenada aos acontecimentos do meio político, novas tecnologias e campanhas de grandes marcas.

Ela tem opinião formada e defende seu ponto de vista a respeito daquilo que acredita. Nas suas redes sociais é possível entender um pouco mais sobre sua personalidade.

ATIVIDADES DE UM SOCIAL ANALYTICS ANALYST

No começo, o principal objetivo do MMS era relacionamento, ou seja, análise da presença dos usuários nas redes sociais e manifestação de opinião sobre produtos/serviços.

Com o passar do tempo, outros objetivos e interesses surgiram, como a identificação de vendas, leads, prospects, comparação de concorrentes, além do fornecimento de insumo para o desenvolvimento de novos produtos.

PRINCIPAIS ATIVIDADES

  1. Análises: Análise de reações, sentimentos e desejos referente a produtos, marcas, pessoas, campanhas e assuntos;
  2. SAC 2.0: Acompanhamento de demandas para o atendimento, dúvidas, críticas ou sugestões;
  3. Trends: Identificação de tendências e comportamentos de consumo dos usuários;
  4. Crises: Identificação e acompanhamento de crises/ameaças;
  5. Novas oportunidades: identificação de oportunidades de ações reativas e proativas;
  6. Persona: Definição de buyer persona;
  7. Influencer: Identificação de influenciadores, detratores e/ou públicos;
  8. Território: Análise de regiões com maior número de ocorrências;
  9. Relatório: Criação de um relatório comparando com o mês anterior e destacando evolução e mudanças de ocorrências;
  10. Metas: Definição dos principais KPI’s e potencial de crescimento de seguidores.

Atualmente, a mensuração e a análise de métricas têm sido duas das principais atividades desenvolvidas pelos profissionais da área. Elas são vistas pelas empresas como auxílio às áreas de planejamento/pesquisa, produção de conteúdo, mensuração de mídia entre outras funções.

Bom, chegamos ao fim de mais um post! E agora que você conhece as principais atividades de um profissional de inteligência, já é possível dar o start nessa área.

Como dica, faça testes e avalie o desempenho de cada ação. Nunca tome algo como verdade absoluta, aplique novos métodos conforme a evolução do comportamento e o interesse do público-alvo. Somente assim você estará por dentro da dinâmica do mercado.

Fique de olho nas próximas postagens e aprenda mais sobre o universo fascinante das mídias sociais.

Até logo mais! :)

REFERÊNCIAS

Monitoramento e pesquisa em mídias sociais
Insightee
Tarcizio Silva
Ana Claudia Zandavalle

Cadastre seu e-mail
I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )
Coloque o seu e-mail ao lado para receber as atualizações do blog!
Fique tranquilo, pois nós também odiamos spam. Seu endereço de e-mail não será vendido ou compartilhado.
Continue lendo

Estratégia em redes sociais: você está conversando com seu público-alvo

Conhecer a fundo o perfil do público-alvo — suas necessidades, desejos e motivações — é primordial para o desenvolvimento de qualquer estratégia em redes sociais de sucesso. No entanto, para muitas empresas, “acertar o tom” da conversa ainda é um grande desafio. Afinal, antes de investir em táticas de venda e apresentação do produto, é […]

Sites Responsivos terão Prioridade no Ranking do Google

Recentemente o Google postou em seu blog oficial que a partir do dia 21 de Abril sites responsivos ou que possuem versão mobile terão melhores posições no ranking do google dos resultados de pesquisa. Isso significa que agora, junto com os mais de 200 fatores de ranqueamento que o Google possuí em seu algoritmo, será […]

Social Ads para e-commerce: Será que funciona

Acompanhando os posts anteriores de Social Ads no nosso blog, você pôde absorver muito conhecimento sobre as principais vantagens de anunciar em redes sociais, além de dicas práticas para otimização de anúncios e um passo a passo bem detalhado para criar suas campanhas no Facebook. Agora, chegou a vez de provar a efetividade das campanhas […]

O que é etnografia

Mais do que um estudo, a etnografia é o registro descritivo da cultura material de um determinado povo, com o intuito de descrever seus costumes e tradições. Mas, o que isso tem a ver com o BI? Nos últimos posts referentes à área de Social Analytics, você aprendeu como iniciar o monitoramento de uma marca […]