Como fazer um teste A/B no Facebook - Blog Raffcom
 Como fazer um teste A/B no Facebook

Como fazer um teste A/B no Facebook

Sem dúvidas, uma das partes mais importantes ao criar e gerenciar campanhas é a realização de teste A/B no Facebook. E quanto mais, melhor! Isso porque somente através dos testes que você descobrirá quais estratégias são as mais adequadas para atingir os seus objetivos.

É praticamente impossível acertar de primeira qual é a melhor forma de chegar aonde você quer, e é para auxiliar nesse processo que os testes existem! Por isso, todo teste a respeito de qualquer variável é válido. A simples alteração de uma frase em seu texto, pode fazer toda a diferença na sua comunicação e, consequentemente, no desempenho da sua campanha.

Há inúmeras técnicas e ferramentas para realizar testes, mas sem dúvidas uma das mais aconselháveis é o famoso teste A/B. Que tal entender um pouco mais sobre essa funcionalidade e como aplica-lo em suas campanhas no Facebook? Vamos lá!

O que é o Teste A/B?

teste-ab

Seu conceito é relativamente simples. O teste consiste na comparação de um elemento através de duas variantes dele, chamadas de A e B. Esse elemento pode ser praticamente qualquer coisa, desde a parte criativa de um anúncio da sua campanha até a landing page para a qual ela direciona o usuário.

Por que é tão eficiente?

Porque os dados obtidos através dele são totalmente confiáveis! Diferente de uma pesquisa, em que alguém pode responder uma coisa e na prática fazer outra, por exemplo. Os resultados do teste A/B são dados concretos, extraídos de experiências reais dos usuários.

Ao utilizá-lo, você será capaz de apontar os elementos que contribuíram para que seu público-alvo tenha realizado a conversão e os obstáculos que o atrapalharam nesse processo. Ou seja, esse tipo de teste é uma ótima forma de identificar padrões que dão certo e de gerar insights que podem auxiliar (e muito!) nas próximas campanhas.

Como aplicar o teste A/B no Facebook?

Existem diversas maneiras, mas é possível testar dois elementos principais das suas campanhas: a segmentação e o anúncio.

Entretanto, há um pré-requisito que SEMPRE deve ser respeitado antes de realizar qualquer teste, seja qual for o elemento que você estiver testando: veicule tanto a variável A quanto a variável B pelo MESMO período de tempo, mesmo valor de investimento e para o mesmo público. A não ser, é claro, que você queira testar a segmentação do seu público. Se for com  esta segunda opção é necessário ter o mesmo anúncio.

Isso é extremamente necessário. Se você veicular cada variável por um tempo, valor ou público diferente, não vai saber qual fato foi responsável pelos diferentes resultados obtidos em A e em B.

Segmentação

Para fazer um teste A/B no Facebook com a segmentação das suas campanhas, você deve veicular o mesmo anúncio para dois públicos diferentes. Basta criar dois conjuntos de anúncios diferentes com anúncios iguais em cada um deles e segmentar para os públicos que você deseja testar.

Um detalhe importante aqui (além dos pré-requisitos de mesmo período de veiculação e investimento), é que você deve escolher públicos que tenham o alcance estimado próximo. Isso se faz necessário porque, se um público for muito maior do que o outro, os seus resultados podem ser influenciados por isso.

Por exemplo: testar uma segmentação de pessoas no estado de Santa Catarina que possui interesse em Marketing Digital, com diferenciação de faixa de idade. O público A sendo composto pela faixa etária de 18 a 24 anos e o público B por pessoas de 25 a 34 anos.

segmentacao-grupos-teste-ab-no-facebook

Observe abaixo as imagens de como ficaria estruturado esse teste A/B.

estruturacao-publico-a-teste-ab-facebook

estruturacao-publico-b-teste-ab-facebook

Desta forma, só é preciso esperar que a veiculação da campanha termine para avaliar qual dos dois públicos teve os melhores resultados.

Anúncio

Se você quiser testar o seu anúncio, deve criar duas versões diferentes e veicular para o mesmo público (durante o mesmo período e com o mesmo investimento, lembra?). Existem inúmeras variáveis em seu anúncio que podem ser alteradas. Elas também podem surtir diferentes efeitos em suas campanhas, mas as principais são a imagem, o texto e o CTA.

IMAGEM

imagem-teste-ab-facebook

Quando você está navegando pelo Facebook, qual é a primeira coisa que percebe em um post? Aposto que a sua resposta é “a imagem”. Talvez, em um segundo momento, você leia o texto. Mas, com certeza, o que fez você prestar a atenção naquela postagem foi a imagem utilizada nela.

Calma! Não estou dizendo que você é preguiçoso e não quer ler os textos. A explicação para tal comportamento é que o ser humano é altamente visual. É perfeitamente natural, então, que a imagem seja o principal fator que irá prender a sua atenção. Essa é uma regra que vale para TODAS as pessoas.

Portanto, é possível perceber facilmente a dimensão da importância que a imagem tem para o desempenho de suas campanhas, não é mesmo? Se ela não estiver adequada e não chamar a atenção do usuário, é bem provável que ele ignore o seu anúncio e continue a navegar como se nem o tivesse visto.

Assim, se a sua campanha não estiver de acordo com o esperado, uma boa opção de teste é alterar a imagem. Vale utilizar cores diferenciadas, rostos de pessoas atraentes e setas apontando em alguma direção.

Esses elementos, assim como inúmeros outros, tendem a despertar o interesse dos usuários. Consequentemente, métricas como o CTR dos seus anúncios começarão a apresentar uma melhora bem significativa.

TEXTO DO ANÚNCIO

texto-teste-ab-faxebook

Lembra que falei ali em cima que não estava lhe chamando de preguiçoso? Eu realmente não estava. Entretanto, é praticamente incontestável afirmar que a maioria das pessoas não lê todo o texto. Isso não se restringe somente aos seus anúncios, mas praticamente a qualquer tipo de conteúdo. Há quem diga que a atual geração, conhecida por ser usuária frenética do meio digital, somente lê o título, comenta sobre ele, até compartilha, mas não vai até o final do texto.

Assim, vale aqui a máxima de que “menos é mais”. Seu texto precisa sim chamar a atenção do usuário, mas reescrever a bíblia não é a melhor alternativa. Sendo assim, procure capturar a atenção das pessoas e explicar a elas o que você tem a oferecer resumidamente. Porém, faça isso de maneira chamativa e instigante.

Lembre-se também de utilizar uma “chamada” no final do texto de acordo com o seu objetivo. Por exemplo: se o anúncio tem o objetivo de gerar conversões no site, insira uma frase no final do texto orientando o usuário a fazer isso, tal como “Acesse nosso site e adquira já o seu!”.

BOTÕES DE CTA

cta-teste-ab-facebook

O Facebook oferece diversas opções de botões de chamada para a ação, os CTA’s. Tais como Reservar Agora, Solicitar Agora, Fale Conosco, Saiba Mais, Comprar Agora, Cadastre-se, entre outros. Eles são extremamente importantes porque levam o usuário a realizar a ação que queremos que ele faça. Uma dica valiosa aqui é inserir um CTA na arte do anúncio, pois, como já explicado acima, é possível que o texto passe despercebido. A imagem provavelmente não passará.

Dessa forma, você poderá testar todos os elementos do seu anúncio criando duas versões diferentes dele. Entretanto, aí vai a última (mas não menos importante) dica: não teste vários elementos de uma só vez.

Se você quiser testar a imagem do seu anúncio, por exemplo, utilize somente uma imagem para o anúncio A e uma diferente para o anúncio B. Não altere a imagem e o texto ao mesmo tempo, desta forma você saberá o que surtiu efeito (a imagem ou o texto).

Espero que essas dicas possam lhe ajudar a fazer teste A/B no Facebook, a fim de tornar as suas campanhas ainda mais efetivas. Se tiver alguma dúvida ou sugestão, por favor, não hesite em comentar.

Até a próxima!

                    victor_dognini

Victor Dognini

Analista de Social Ads

blog@raffcom.com.br

Cadastre seu e-mail
I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )
Coloque o seu e-mail ao lado para receber as atualizações do blog!
Fique tranquilo, pois nós também odiamos spam. Seu endereço de e-mail não será vendido ou compartilhado.
Continue lendo

Estratégia em redes sociais: você está conversando com seu público-alvo

Conhecer a fundo o perfil do público-alvo — suas necessidades, desejos e motivações — é primordial para o desenvolvimento de qualquer estratégia em redes sociais de sucesso. No entanto, para muitas empresas, “acertar o tom” da conversa ainda é um grande desafio. Afinal, antes de investir em táticas de venda e apresentação do produto, é […]

Como escolher um bom disparador de E-mail Marketing

Chegamos ao terceiro post da nossa série sobre e-mail marketing! Já explicamos o que ele é, como utilizá-lo e porque adotar estratégias para essa mídia. Agora é hora de te ajudar a escolher um bom disparador de e-mail marketing. Dentre as inúmeras opções que o mercado oferece, é cada vez mais complicado escolher a melhor […]

Facebook lança portal para Agências de Publicidade

No início desta semana surgiu mais um novidade para os profissionais de marketing digital: o “Facebook para agências”. O Facebook para agências é um portal específico para profissionais que atuam em agências e compila dados sobre o Facebook, cases de sucessos nacionais e internacionais, informações, orientações e guias úteis para o planejamento, criação e mensuração […]

O que são e como funcionam as correspondências de palavra-chave do Google AdWords

Um dos assuntos que mais gera dúvidas em quem está começando a trabalhar com estratégias de links patrocinados é sobre a melhor forma de trabalhar as palavras-chave em suas campanhas. Agora que já mostramos como utilizar o Keyword Planner, vamos falar sobre a próxima etapa na otimização do desempenho de suas campanhas na rede de […]