E-mail marketing: o opt-out a seu favor - Blog Raffcom
 E-mail marketing: o opt-out a seu favor

E-mail marketing: o opt-out a seu favor

O e-mail marketing se diferencia das outras mídias digitais principalmente por enviar mensagens para um público específico que previamente se cadastrou ou autorizou o recebimento desses e-mails. No entanto, mais do que o cadastro, a realização do opt-out pelo usuário é de extrema importância para a saúde da marca.

Ou você acha que, mesmo não querendo mais receber os seus e-mails, uma pessoa continuará recebendo-os sem problemas só porque não conseguiu se descadastrar?

Quando não possibilita o descadastramento, a empresa tende a se prejudicar muito. Isso porque o usuário certamente vai acabar marcando seu e-mail como spam, o que pode acarretar em sérios danos à reputação do seu IP. E isso não é nada bom para a sua reputação.

A importância do opt-out

Ter um sistema de opt-out bom é importante por diversos motivos, um deles é a satisfação do consumidor. Se for fácil entrar e sair de sua empresa e ele, um dia precisar voltar, isso será feito sem receios. Se for difícil, ele lembrará e provavelmente não voltará mais.

Outro motivo é o risco de ter reclamações. Sem conseguir fazer o opt-out, o usuário se sentirá no direito de reclamar e poderá fazer isso nas redes sociais, causando um problema de avantajadas proporções.

Métodos de opt-out

2-métodos-de-opt-out

Existem muitas formas de um usuário realizar o descadastramento no recebimento de e-mails. Abaixo selecionamos os mais comuns.

Link para opt-out automático no e-mail marketing

Simples, prático e eficaz, neste método, o destinatário clica no link de opt-out que está disponível no e-mail marketing. Depois do clique, o usuário é redirecionado a uma página web que apenas exibe a confirmação do cancelamento do cadastro.

Link para página de preferências com configuração sobre o recebimento de e-mails

Neste método, o destinatário clica no link de opt-out e é direcionado a uma página web onde pode alterar as preferências de recebimento do e-mail, suspendendo os envios temporariamente ou definitivamente. Que tal personalizar esta página com uma mensagem simpática e até perguntar o motivo pelo qual o destinatário está partindo?

Link para página de atualização do cadastro

Nesta opção o destinatário clica no link e vai para uma página web que exibe seus dados de cadastro além de opções sobre as preferências de recebimento de e-mails. O problema deste método é que as vezes o sistema não identifica automaticamente o e-mail do destinatário, obrigando-o a realizar login manualmente.

Endereço de email para o qual o destinatário deve escrever solicitando o opt-out

Esse método não é nada prático e exige que o destinatário escreva um e-mail para um determinado endereço solicitando o opt-out.

Métodos offline

Onde está o sentido em fazer com que um usuário,que recebe sua comunicação de maneira online, use um método offline (como sms, telefone ou carta) para solicitar o opt-out? Pois é. Não faz sentido.

E depois?

3-e-depois-opt-out

Após o pedido de opt-out do destinatário, que tal enviar um e-mail ao usuário confirmando o descadastro? Esse email é a prova que o consumidor solicitou essa ação em determinado dia e horário e que seu e-mail foi mesmo removido da base de contatos, dando a sensação de que a vontade dele foi mesmo respeitada.

Você também pode aproveitar para perguntar ao usuário o motivo do seu descontentamento. Isso pode ser feito de forma automatizada e, certamente, lhe dará um bom feedback para melhorar os seus próximos planejamentos. Entre as prováveis respostas, você pode esperar por:

– A frequência de envios é muito alta.
– Não autorizei o envio.
– Não tenho mais interesse na empresa.
– O conteúdo é irrelevante.
– Outros motivos. Qual?

Por fim, lembre-se de que, se o destinatário se predispôs, de livre e espontânea vontade, a receber os e-mails de sua empresa, não imponha barreiras para quando ele quiser sair.

Nem sempre o opt-out representa o distanciamento entre o destinatário e o remetente. Essa pode ser uma medida temporária ou o usuário pode preferir acompanhar o remetente através das redes sociais.

Caso tenha ficado com alguma dúvida, ou queira fazer alguma ressalva, por favor, deixe o seu comentário.
Até a próxima!

Cadastre seu e-mail
I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )
Coloque o seu e-mail ao lado para receber as atualizações do blog!
Fique tranquilo, pois nós também odiamos spam. Seu endereço de e-mail não será vendido ou compartilhado.
Thiago Mascarenhas Analista de E-mail Marketing

Thiago Mascarenhas

Analista de E-mail Marketing

blog@raffcom.com.br

Continue lendo

Estratégia em redes sociais: você está conversando com seu público-alvo

Conhecer a fundo o perfil do público-alvo — suas necessidades, desejos e motivações — é primordial para o desenvolvimento de qualquer estratégia em redes sociais de sucesso. No entanto, para muitas empresas, “acertar o tom” da conversa ainda é um grande desafio. Afinal, antes de investir em táticas de venda e apresentação do produto, é […]

Tendências de SEO de 2018

Todos os anos, os webmasters ficam esperando para saber quais serão as tendências de SEO e quais fatores de rankeamento o Google irá priorizar. Como já sabemos, SEO é um conjunto de técnicas para conseguir as melhores posições na search do Google, e só se consegue um bom resultado quando a experiência do usuário é […]

Aumente as vendas do seu e-commerce com o SEO

Para começar, o SEO gera para o site tráfego qualificado e credibilidade, que são fatores de sucesso para aumentar as vendas do seu e-commerce. Tráfego qualificado faz com que o número de visitas realizadas pelo público-alvo aumente, e a credibilidade faz com que uma parcela cada vez maior desse público realize a compra. Com base […]

Qual a diferença entre e-mail marketing e newsletter

Quando falamos em e-mail marketing, logo vem à cabeça aquele velho e conhecido e-mail comercial que enche a nossa caixa de entrada tentando vender alguma coisa. O fato é que existem outros formatos, com utilizações específicas para cada etapa do funil de vendas, como a newsletter e o e-mail transacional, por exemplo. A possibilidade de […]