Motivos para utilizar keywords no Google AdWords - Blog Raffcom
 Google AdWords: Motivos para utilizar keywords amplas novamente

Google AdWords: Motivos para utilizar keywords amplas novamente

O Google AdWords é uma das ferramentas de marketing digital que mais possuem conteúdos de aprendizado e dicas para utilizá-lo da melhor maneira, devido a sua vasta biblioteca que se encontra disponível gratuitamente.

Com isso, muitos usuários buscam esses conteúdos antes de iniciarem suas campanhas ou ao começarem a estudar sobre a ferramenta. Dessa forma, como tudo tem sempre um lado negativo, a quantidade de manuais de boas práticas acessíveis tornou a compra de keywords algo repetitivo por boa parte dos anunciantes.

Anos atrás, muito se falava que utilizar palavras-chave amplas era sinônimo de ter uma conta não otimizada. Porém, com a tendência de cada vez mais usar keywords exatas, de frase ou modificadas, só porque consta nos manuais, acabou saturando o mercado de palavras-chave. Sendo assim, irei apresentar algumas razões para você voltar a aplicar o uso de keywords amplas em suas contas.

O consumidor dificilmente busca sempre da mesma forma

google-adwords-motivos-utilizar-keywords-amplas-consumidor-dificilmente-busca-mesma-forma

Ao utilizar palavras-chave exatas ou de frase, você acaba fechando a possibilidade de “aprender” novas keywords que podem estar com um aumento no volume de buscas. Sendo que aproximadamente 15% das palavras-chave buscadas diariamente nunca foram vistas anteriormente, ao usar a correspondência ampla, sua campanha estará aberta para capturar essas buscas.

O custo por clique (CPC) provavelmente irá diminuir

google-adwords-motivos-utilizar-keywords-amplas-cpc-diminuir

A lógica é simples, keywords exatas e de frase possuem menos competidores, porém o bid desses competidores é geralmente alto para ganhar posições com esses termos. Já a correspondência ampla é ao contrário, você se abre a participar de mais leilões que consequentemente aumenta a quantidade de tráfego disponível, diminuindo assim o seu CPC.

Você está seguindo as tendências da própria Google Adwords

google-adwords-motivos-utilizar-keywords-seguindo-tendencias-google

Campanhas do tipo DSA (Dynamic Search Ads) e de Shopping, estão constantemente gerando cada vez mais lucro para os anunciantes e aumentado a performance da conta. Se pensarmos que esses tipos de campanhas não possuem nenhum tipo de correspondência de palavra-chave, pois os resultados são apresentados dinamicamente, fica claro que o Google Adwords está deixando um pouco de lado a questão de correspondência de keywords. Será que não é devido ao uso exagerado de palavras-chave exatas?

Foco no mobile

google-adwords-motivos-utilizar-keywords-foco-mobile

De acordo com a publicação que o Google fez esse ano, ao informar que sites responsivos terão melhores posições no ranking dos resultados de pesquisa, é evidente a obrigação de ter websites otimizados para o mobile. Seguindo na mesma linha, o comportamento de busca em smartphones e tablets é diferente do desktop, e com isso, existe a possibilidade das buscas realizadas por comando de voz nos smartphones aumentarem ao longo dos anos. Desse modo, irá crescer o uso de keywords long tail. Ao utilizar a correspondência ampla, você estará suscetível a alcançar esses usuários, já do modo contrário, dificilmente conseguirá atingi-los.

Espero que esses motivos façam você voltar a utilizar esse tipo de correspondência em suas campanhas, que já estava sendo deixada de lado. Mas lembre-se: faça o acompanhamento de perto no relatório de termos de pesquisa frequentemente, pois podem surgir vários termos irrelevantes que você pode ir negativando com o tempo.

Um abraço e até mais!

Continue lendo

O que é Behavioral Targeting (BT)?

Bom, agora que você já conheceu como o Web Analytics funciona e quais são as ferramentas úteis de acompanhamento de comportamento dos usuários no site, chegou o momento de colocar toda essa teoria na prática. Neste post, iremos abordar o Behavioral Targeting, uma técnica que auxilia na construção de ações de campanhas mais personalizadas, com […]

Perfil do profissional de Inteligência Competitiva (IC)

No post anterior, sobre os Processos de Inteligência Competitiva (IC), você conheceu as três principais etapas que norteiam o fluxo de IC. É de suma importância entender como o planejamento, monitoramento e suporte andam interconectados. Diante disso, num ambiente corporativo, o profissional de Inteligência Competitiva é o responsável por auxiliar os gestores da empresa com […]

Como fazer um teste A/B no Facebook

Sem dúvidas, uma das partes mais importantes ao criar e gerenciar campanhas é a realização de teste A/B no Facebook. E quanto mais, melhor! Isso porque somente através dos testes que você descobrirá quais estratégias são as mais adequadas para atingir os seus objetivos. É praticamente impossível acertar de primeira qual é a melhor forma […]