O que é Behavioral Targeting (BT)? - Blog Raffcom
 O que é Behavioral Targeting (BT)?

O que é Behavioral Targeting (BT)?

Bom, agora que você já conheceu como o Web Analytics funciona e quais são as ferramentas úteis de acompanhamento de comportamento dos usuários no site, chegou o momento de colocar toda essa teoria na prática. Neste post, iremos abordar o Behavioral Targeting, uma técnica que auxilia na construção de ações de campanhas mais personalizadas, com foco nos desejos e necessidades do usuário.

Esse método é um dos mais eficazes para identificar as melhores oportunidades de investimentos em mídias digitais, bem como planejamento de ações de marketing mais certeiros.

Diferente de outros métodos, o Behavioral Targeting (BT) fornece elementos para auxiliar na tomada de decisão, já que estuda o comportamento do consumidor enquanto ele interage no ambiente online.

Dessa forma, este tipo de estudo se torna relevante para qualquer planejamento digital, já que a concorrência entre mercados aumenta a cada dia e a demanda por conteúdos personalizados está cada vez mais em evidência.

Esses fatores se tornam pontos cruciais para a prospecção de e-consumidores com desejos cada vez mais específicos. Portanto, a necessidade de oferecer para eles algo que seja personalizado e que vá de encontro à sua procura é um dos maiores desafios para o Marketing Digital.

BEHAVIORAL TARGETING

BehavioralTargeting

Estuda todas as ações, compras feitas e páginas visitadas no site para garantir uma entrega de anúncio qualificado. A implementação deste processo de coleta de dados, favorece e estabelece um padrão de relacionamento com os e-consumidores.

Imagine agora, um vendedor que já conhece seu tamanho de camiseta, sua cor preferida e o que lhe cai bem, pois bem as chances de conversão são infinitamente maiores em comparação com aquele vendedor que interage com o cliente pela primeira vez, não é mesmo?

Então, no ambiente online, com boas ferramentas de Web Analytics e interpretação de dados avançada, você consegue observar o comportamento da sua audiência, transformar os dados coletados em novas oportunidades mercadológicas e melhorar a comunicação para as pessoas que acessam o seu site.

“Behavioral Targeting é um conceito de segmentação que possibilita a entrega de um conteúdo ou propaganda personalizada ao usuário, permitindo assim, que haja maior proximidade com a marca”. (Internet Innovation)

FLUXO DO BEHAVIORAL TARGETING

É preciso que esteja claro qual é o fluxo comportamental do usuário estudado, para que seja possível inserir estratégias individualizadas em cada etapa e, assim, aumentar o nível de satisfação da campanha, por exemplo.

CONHEÇA O FLUXO DO BT

A criação de listas de públicos semelhantes é a peça chave para as ações individualizadas. Na etapa final do registro você poderá documentar os dados e informações colhidas para serem utilizadas na criação das campanhas.

Associar esses dados com ferramentas de Ad Serving (Veiculação de Anúncios), possibilita oferecer produtos/serviços/notícias que combinem com o perfil desejado.

4 VANTAGENS PARA O ANUNCIANTE

  • Otimização de investimento em comunicação;
  • Direcionamento de campanha conforme comportamento/necessidade do usuário;
  • Aumento na taxa de conversão;
  • Proporcionar experiências positivas para o usuário.

Portanto, além do anunciante, o usuário também é beneficiado por ser tratado de forma individualizada, já que lhe são entregues informações realmente importantes.

E o site começa a comercializar seus espaços por meio do comportamento do usuário e não por contextos sem embasamento.

COMO A AMAZON.COM IMPLEMENTOU O BT

amazon-com-logo_989

Em 2001 a Amazon.com chamou atenção para o BT quando deu atenção à análise comportamental dos seus clientes para fazer recomendações de produtos.

Atualmente são mais de 25 milhões de consumidores ativos, dos quais a Amazon.com consegue reconhecer o interesse, entregando uma comunicação e produtos que se enquadrem no perfil de consumo de cada um.

“O Behavioral Targeting não se aplica somente para sites de e-commerce, ele também pode ser utilizado para sites institucionais ou de cunho jornalístico.”

Percebeu-se, com a adesão do BT, um crescimento substancial nas taxas de aquisição, retenção e redução de custos de investimento. Por fim, as necessidades dos usuários estavam sendo atendidas com informações relevantes.

APLICAÇÕES DO BT

behavioral-targeting

  • CRM: consultar um banco de dados que informe dados específicos do seu cliente é um ponto importante para auxiliar na construção da comunicação individualizada. Dica! Você precisa estudar sua audiência, conhecer seus desejos, seus interesses e, praticamente, pensar por ela. Comece pelos clientes que você já tem, identificando padrões e, principalmente, diferenças;
  • Aquisição: a partir do reconhecimento do comportamento por grupos, você consegue definir com quem, como e onde deve falar. O passo-a-passo seguinte é planejar uma ação personalizada para cada indivíduo desse grupo;
  • Conversão: após ter definido as características do consumidor e identificado as ações realizadas no site, é o momento de convidar o cliente para voltar ao site e prospectar novos com identidade semelhante.

Agora que você já entendeu do que Behavioral Targeting é capaz, é hora de aplicar essa ferramenta em suas campanhas. Mas lembre-se de que a metrificação de dados é de suma importância para a validação desse conceito.

Não inicie nada sem antes ter definido o cenário pretendido (metas) e tempo de execução. Além de possíveis contrapontos que podem interferir no andamento saudável do projeto.

Nos vemos em breve, até lá!

REFERÊNCIAS
Por que utilizar Behavioral Targeting?
Entenda como realizar o Behavioral Targeting?
Behavioral Target – ou conheça seu consumidor
Algumas razões para utilizar Behavioral Targeting
Web Analytics: uma visão brasileira

Cadastre seu e-mail
I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )
Coloque o seu e-mail ao lado para receber as atualizações do blog!
Fique tranquilo, pois nós também odiamos spam. Seu endereço de e-mail não será vendido ou compartilhado.
Continue lendo

Estratégia em redes sociais: você está conversando com seu público-alvo?

Conhecer a fundo o perfil do público-alvo — suas necessidades, desejos e motivações — é primordial para o desenvolvimento de qualquer estratégia em redes sociais de sucesso. No entanto, para muitas empresas, “acertar o tom” da conversa ainda é um grande desafio. Afinal, antes de investir em táticas de venda e apresentação do produto, é […]

Testes A/B e Testes Multivariáveis

Hoje vamos falar de um assunto que é super-ultra-mega focado em resultados. Ao traçar uma estratégia digital (seja ela qual for), você tem premissas básicas que devem ser seguidas e respeitadas, algumas são: objetividade estratégica, processo de metrificação, identificação de target, adaptabilidade de canais, processo de mensuração, otimização, etc. Vamos detalhar uma estratégia que ao […]

5 ferramentas de Social Analytics

Agora que você entendeu na prática como usar Social Analytics, chegou a hora de conhecer 5 ferramentas de Social Analytics para te assessorar no monitoramento de cada uma de suas ações. O Brasil é um dos países que concentra o maior número de pessoas conectadas às redes sociais. E, a cada ano, esse número cresce de […]

O Cotidiano Criativo em uma Agência de Publicidade

Muitas pessoas têm a impressão de que o cotidiano dos profissionais de uma agência de publicidade, principalmente se tratando do departamento de criação, é recheado de brincadeiras, piadas, videogame e conversa fiada, com os pés pra cima da mesa e os braços cruzados por trás da cabeça, aguardando aquele insight, aquela sacada genial que resolverá […]