O que são Links Patrocinados? Veja aqui - Blog Raffcom
 O que são Links Patrocinados?

O que são Links Patrocinados?

Links Patrocinados são uma das estratégias mais rentáveis utilizadas por anunciantes de serviços ou produtos atualmente. Isso se dá, principalmente, por que com este canal é possível atingir um público-alvo específico, aumentando massivamente as chances de venda. Basicamente, a estratégia consiste em anúncios pagos, que entregam exatamente o que o usuário procura.

É fato: colocar um anúncio no buscador Google, dá muita visibilidade ao seu negócio. Afinal, atualmente, não há buscador com a abrangência que o Google tem.

Temos várias ferramentas que trabalham com Links Patrocinados, mas a mais utilizada é o AdWords, que possui maior alcance e pertence ao próprio Google.

Diante do mercado promissor, o investimento tem crescido cada dia mais por ser uma das maneiras mais efetivas de atingir o cliente e garantir o ROI* de um negócio.

*Retorno sobre investimento. 

Como funcionam para anunciar Links Patrocinados?

como-funcionam-os-anuncios-google-adwords-links-patrocinados

Agora vamos falar do Google AdWords, a ferramenta mais utilizada para anunciar com Links Patrocinados. Com ela, criamos campanhas específicas, para que o objetivo do anunciante seja alcançado de maneira uniforme.

A partir da configuração do anúncio, é realizada uma espécie de leilão toda vez que um usuário pesquisar por um termo. Um sistema avalia o índice de qualidade e o lance oferecido para aquele termo para calcular o posicionamento.

Para sair na frente da concorrência, é extremamente importante mantermos um índice de qualidade alto, criando anúncios bem descritivos, que tenham relação total com as palavras-chave escolhidas na campanha.

Mas, além do posicionamento, é muito importante que a página de destino do site seja de fácil navegação, que o conteúdo seja completo e o website responsivo para vários dispositivos, garantindo uma boa experiência para o usuário.

O Google realmente preza que o usuário encontre de uma maneira fácil o conteúdo que está buscando. Por isso, priorize sempre as necessidades do usuário, tornando o acesso dele o mais simples possível.

Formatos de Campanha

formatos-de-campanha-links-patrocinados

O primeiro passo para anunciarmos no AdWords, é a criação de uma campanha. No início de uma campanha, vamos definir as principais configurações, como o valor diário a ser gasto, a região onde o público será atingido, entre outros fatores.

Após isso, é preciso definir o formato de campanha, pois cada um deles está atrelado a um objetivo diferente. Os formatos disponíveis são:

Campanhas de Pesquisa

As campanhas de Rede de Pesquisa são as mais utilizadas no AdWords. O formato consiste na busca por um termo específico no Google, onde são exibidos anúncios que tenham relação com a palavra-chave pesquisada.

Isso garante ao anunciante que sua empresa, ou seus produtos, sejam exibidos para aquilo que realmente anuncia, por meio dos termos escolhidos na campanha.

Campanhas de Display

campanhas-display-links-patrocinados

As campanhas de Rede de Display trabalham com a exibição de anúncios em sites parceiros do Google, como blogs e portais de notícias.

Neste tipo de campanha, utilizam-se anúncios gráficos para chamar a atenção do consumidor. Quando o usuário está lendo uma notícia ou um artigo em específico, ele será impactado com ofertas ou informações da empresa.

Campanhas de Vídeos

Os vídeos são recursos muito valiosos nas estratégias e podem ser anunciados na Rede do YouTube, garantindo grande alcance e reconhecimento de sua marca. Por meio do YouTube, é possível promover um determinado vídeo, para que seja exibido nos resultados de pesquisa do portal.

Também há um formato de anúncio em que o usuário é obrigado a assistir pelo menos 5 segundos do vídeo. Quando trabalhamos com este formato, é importante trazer as informações principais do anúncio logo nos primeiros segundos, para que a comunicação seja direta e garanta o acesso no seu website.

Você sabia?

Atualmente, o YouTube é o maior portal de vídeos da Internet e, juntamente com Facebook e Google, está entre os sites mais acessados de todo o mundo.

Campanhas de Shopping

Também temos as Campanhas de Shopping, formato voltado exclusivamente para anunciantes de produtos.

Neste formato, quando um usuário realiza a pesquisa exclusiva de um produto, como geladeira, por exemplo, irá visualizar uma imagem do produto com um resumo do conteúdo da página do site, ao invés de um anúncio de texto ou serviços relacionados, como seria comum em outras campanhas.

O formato funciona como um comparador de produtos, tal qual o Buscapé. Ao realizar uma busca específica do produto, o formato reúne as informações de todos anunciantes que vendem este produto, facilitando com que o usuário compare preços e decida qual loja acessar.

Campanhas para Aplicativos

campanhas-aplicativos-links-patrocinados

Suponha que você tem um aplicativo. Precisa divulgá-lo, mas não tem um website, apenas a versão disponível no Google Play. Você provavelmente vai se perguntar: “O que devo fazer para que o público conheça o app?” “Como incentivar o download?” Por meio de anúncios em outros aplicativos, a campanha Universal de App divulga o app e redireciona o usuário diretamente para download, caso clique.

Combinando elementos da rede de pesquisa, display e vídeo, este formato está disponível apenas para aplicativos. Nele, o anunciante consegue gerenciar os recursos destas redes distintas em uma única campanha e este é o grande diferencial do formato.

Os anúncios são gerados automaticamente, baseados nas informações fornecidas nas linhas de descrição do aplicativo e nos detalhes da Play Store (Ex:. ícone e imagens do app).

Estratégias de Lances

Dentro do AdWords, temos algumas Estratégias de Lance que são distintas para cada objetivo do anunciante. Elas são de extrema importância, pois são fatores de desempate na hora do posicionamento de anúncios.

Lances de CPC

O CPC é a estratégia mais convencional do AdWords. Nesta estratégia, os lances são focados em Custo por Clique (CPC).

Neste lance, você só irá pagar se clicarem em seu anúncio. Se ele for apenas visualizado, não será cobrado nada. O valor que deverá ser pago tem relação com o lance definido pelo anunciante, que é, geralmente, o valor que ele está disposto a pagar por determinada palavra-chave.

Dentro de lances de CPC, temos dois recursos adicionais:

  • Podemos optar por lances manuais, no qual o próprio anunciante define e controla seus gastos e o sistema não cobra mais do que foi definido.
  • Também existem os lances automáticos, que são determinados pelo sistema do Google. Os lances são ajustados de maneira automática, de acordo com os lances da concorrência, para garantir que o anunciante sempre esteja participando do leilão e não perca posicionamento. Isso não acontece no Lance Manual, onde o anunciante precisa fazer estes ajustes por si só.

Lances de CPM

Agora, se o seu foco é Branding e tem o objetivo de aumentar o reconhecimento de sua marca, podemos utilizar os lances de CPM (Custo por Mil Impressões), estratégia disponível apenas para a Rede de Display. Ao invés de pagar pelo clique, você irá pagar pela exibição de seu anúncio.

A cada mil impressões de seu anúncio gráfico na rede de display, seja em grandes portais, blogs ou em sites de notícias parceiros do Google, será cobrada uma quantia do anunciante. Com isso, garante-se o fortalecimento da marca em sites de segmento similar. Afinal, neste caso, o objetivo não são cliques, mas a lembrança da empresa.

Lances de CPM Visível

Apesar de não ser tão conhecida, a estratégia está disponível desde 2013 nas contas do Google Adwords. O CPM Visível trabalha com custo por mil impressões, porém, só considera uma visualização quando 50% do anúncio for exibido na tela. O tempo de visualização também é levado em consideração e deve ser maior que 1 segundo, diferente do CPM, que não considera tempo de visualização, nem extensão de exibição.

Os lances de CPM Visível otimizam a análise, pois levam em consideração visualizações mais qualificadas. Além disso, nesta campanha, o sistema do Google aprimora os anúncios para que sejam exibidos em locais com maior probabilidade de serem encontrados pelo usuário.

Lances de CPA

Um dos lances mais utilizados para alcançar metas no website é o CPA (Custo por Aquisição), estratégia disponível, tanto para as redes de pesquisa, como para as redes de display.

Neste formato, usuários similares aos que converteram recentemente podem ver o anúncio e, desta maneira, há maior propensão de gerar conversões. Neste caso, sua campanha pode ter uma queda no desempenho em relação a cliques e impressões, mas terá muito mais chances de converter por conta do tráfego mais qualificado.

Lances de CPV

O CPV, definido como Custo por Visualização, é uma estratégia disponível apenas para as campanhas de vídeo. A estratégia se diferencia do custo por mil impressões (CPM), pois está totalmente atrelada a visualização do vídeo e não de um anúncio gráfico.

Com esta estratégia, o anunciante define quanto está disposto a pagar quando um usuário assiste ao seu vídeo no YouTube. É neste lance que encontramos o formato de anúncio conhecido como 5 segundos, que aparece antes do vídeo principal.

Usuários da Rede de Pesquisa e da Rede de Display

usuarios-rede-pesquisa-rede-display-links-patrocinados

Podemos definir os usuários destas redes em dois tipos: os usuários ativos e os passivos, que são distinguidos pela maneira como são impactados. Quando as pessoas estão em busca do produto/serviço e o anúncio é exibido pelo termo pesquisado, estamos falando de usuários ativos.

Já o usuário passivo, é impactado por anúncios de empresas/produtos que já procurou. O interesse não é necessariamente direto e atual, a pesquisa pode ter sido feita há muito tempo e por algo similar, por isso, os anunciantes estão lembrando que “estão ali” e que o usuário pode contatá-los a qualquer momento.

Usuários Ativos

Os usuários ativos são impactados nas campanhas de rede de pesquisa e pelas campanhas de shopping. Quando uma pessoa faz uma pesquisa no buscador, ela tem uma ideia concreta do que quer, por isso é impactada de maneira mais incisiva por estes anúncios, que ficam logo acima das pesquisas orgânicas, em forma de link ou na forma de um quadro, com fotos de vários produtos.

Usuários Passivos

Geralmente, usuários passivos não estão procurando por um serviço/produto. São atingidos em portais de notícia, blogs, através da rede de display, ou pelo YouTube.

Estes usuários são impactados por um anúncio gráfico relacionado à pagina que estão, ou até mesmo, por algo relacionado à alguma pesquisa já feita em algum momento por ele.

Definir estratégias corretas é o que faz a diferença

estategias-links-patrocinados

Na hora da criação de uma campanha, lembre-se que é de extrema importância ser preciso, para que não haja gasto de verba com usuários que não irão gerar ROI. 

Na execução, você deve conhecer bem os concorrentes e também todos os recursos que o Google AdWords pode oferecer. Podemos definir em três passos o que é preciso para uma boa campanha:

Planejamento

Um bom Planejamento é essencial. Quem cria as campanhas deve definir qual é o foco, o objetivo da empresa e sua área de atuação para análise da concorrência. A partir disso, será muito mais fácil criar estratégias personalizadas e efetivas.

Execução

Na hora da Execução, as campanhas devem ser direcionadas para a rede correta. A execução das estratégias também deve ser de acordo com o planejamento definido anteriormente. Isso fará com que o investimento, os lances e os orçamentos gerem receita para a empresa anunciante.

Acompanhamento

Com um Acompanhamento diário da performance das campanhas é possível otimizá-las, além de medir receita e até aumentar o investimento semanal.

Para analisar a performance da campanha, podemos utilizar a ferramenta de mensuração de dados Google Analytics. Com ela, é possível determinar o quão eficazes os anúncios estão sendo, por meio dos relatórios gerados.

Espero ter esclarecido algumas das suas dúvidas sobre o papel dos Links Patrocinados no mercado de Marketing Digital. Logo, logo, escreverei novamente para te ajudar ainda mais. Tem dúvidas? Manda pra gente!

Até mais.

Cadastre seu e-mail
I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )
Coloque o seu e-mail ao lado para receber as atualizações do blog!
Fique tranquilo, pois nós também odiamos spam. Seu endereço de e-mail não será vendido ou compartilhado.
gabriel italianni analista links patrocinados

Gabriel Italianni

Analista de Links Patrocinados

blog@raffcom.com.br

Continue lendo

Business Intelligence: para potencializar negócios

Hoje vivemos a era do Big Data e Business Intelligence (BI), o tempo de grandes negócios com milhares de dados gerados por segundo. Contar com um profissional que colete, analise e dissemine estrategicamente essa quantidade imensa de informação, deixou de ser um diferencial competitivo e se tornou uma necessidade para as agências de marketing digital que […]

A Raff em livros – Parte II

Uma parte dos nossos criativos abriram seus corações  e compartilharam conosco o nome de um livro e tudo o que essa obra representa para cada um deles. Ficou curioso? Confira a segunda parte da nossa lista e inspire-se! O livro ‘Oceano no Fim do Caminho’ foi escrito por Neil Gaiman, que é muito conhecido por suas incríveis […]

Como ativar o Remarketing de Pesquisa em suas campanhas de Search

Para aproveitar o máximo potencial de suas Campanhas de Search, a sugestão do post de hoje é ativar o Remarketing de Pesquisa. Mas, antes de aprender a maneira correta de fazer isso, vamos recapitular o que é Remarketing? O que é Remarketing? Segundo a Academia do Marketing Digital, o remarketing nada mais é que uma […]