Power Editor ou Ads Manager

Caso ainda não seja de seu conhecimento, os nomes destacados no título referem-se a duas ferramentas que auxiliam os anunciantes na criação e no controle de suas campanhas no Facebook. Mas afinal, qual é o melhor, Power Editor ou Ads Manager? A resposta é simples: aquele que você preferir!

Isso mesmo. Não há como chegar a um consenso sobre qual dos dois é mais adequado. Isso porque cada anunciante tem suas próprias preferências de ferramentas na hora de criar, acompanhar e otimizar uma campanha.

Entretanto, é possível apontar as vantagens de cada um, para que você escolha aquele que melhor se adapta aos seus projetos. E é isso que faremos em seguida!

Facebook Ads Manager

Também conhecido como Gerenciador de Anúncios, o Ads Manager é o gerenciador fornecido pela própria rede social. Ele é, provavelmente, o sistema mais utilizado pelos anunciantes atualmente, pois está diretamente integrado com a plataforma, permitindo a criação e o controle de diversas modalidades de anúncio.

Principais vantagens do Facebook Ads Manager

Apesar de o Facebook realizar mudanças constantes na plataforma, o Facebook Ads Manager é extremamente fácil de usar. Com ele o anúncio fica pronto em poucos minutos. Além disso, não é preciso baixar ou assinar qualquer tipo de programa para utiliza-lo, já que o Ads Manager é totalmente gratuito.

Como utilizar?

Para utilizá-lo, basta criar uma página no Facebook (ou utilizar uma que você já possui), abrir o gerenciador de anúncios e clicar em “criar campanha”. Em seguida, será exibido na tela um guia com três passos básicos para auxiliar na criação:

– Escolha do objetivo da campanha;

– Segmentação e programação (definição do público, posicionamento, orçamento, etc.);

– Estruturação do anúncio (formato, texto, imagem, etc.).
Assim, nota-se que o gerenciador de anúncios é muito intuitivo no que diz respeito à criação de campanhas. O processo é bastante fluído e dividido em etapas, o que ajuda o anunciante a não negligenciar nenhum quesito. Por este motivo, o Ads Manager é ideal para aqueles que estão começando a anunciar e ainda não estão familiarizados com nenhuma plataforma.

O acompanhamento de métricas no Ads Manager

Como já comentamos (e como comentamos!) em posts anteriores, tão importante quanto criar corretamente a campanha é olhar as métricas de perto. Ao fazer isso você entenderá quais aspectos estão de acordo com o esperado e quais precisam ser melhorados.

O gerenciador de anúncios auxilia bastante nesse processo de avaliação e acompanhamento. Ele possibilita uma visualização rápida e prática de alguns indicadores essenciais.

Por padrão, os parâmetros exibidos na tela principal do gerenciador de anúncios são: nome da campanha, veiculação (que é o status da campanha, podendo ser ativa, inativa ou concluída), resultados (que se refere à quantidade de vezes que a campanha atingiu seu objetivo, tal como envolvimento com a publicação, cliques para o site, visualizações de vídeo, etc.), alcance, custo, valor gasto e data de término da campanha.

Entretanto, também há como personalizar as colunas e inserir outras colunas com métricas. Da mesma maneira, elas são importantes para a sua campanha, tal como o CTR, o CPM, a quantidade de usuários que visualizaram determinada porcentagem do seu vídeo, entre inúmeras outras.

Para fazer isso e configurar o gerenciador de anúncio de modo que ele exiba as métricas que são importantes para atingir os seus objetivos, basta clicar em “colunas” e depois em “personalizar colunas”.

Detalhamento de público

Vale salientar que também há como visualizar informações demográficas sobre o público que a sua campanha está atingindo. Isso é muito interessante, pois possibilita a identificação de informações sobre os usuários que mais estão interagindo com os seus anúncios.

Ao clicar em “Detalhamento”, é possível extrair informações como a idade, o gênero e os locais das pessoas que foram impactadas. Além da plataforma e do dispositivo que elas estavam utilizando no momento.

Idade:

Posicionamento:

 Além de auxiliar no processo de avaliação e acompanhamento de métricas, o gerenciador de anúncios também é uma excelente ferramenta para o acompanhamento e controle das campanhas. Também é importante ressaltar que as informações extraídas durante esse acompanhamento são valiosas para embasar a tomada de decisão e para gerar insights proveitosos.

Power Editor

Segundo informações do próprio Facebook, o Power Editor é uma ferramenta de publicidade desenvolvida para anunciantes maiores. Grandes empresas que precisam criar muitos anúncios de uma só vez e controlar as campanhas de forma precisa.

Trata-se, portanto, de um recurso mais avançado que o Ads Manager. Ele é destinado a anunciantes que possuem uma demanda maior de trabalho e que precisam criar e executar as campanhas de maneira mais rápida.

Como utilizar?

O Power Editor possui um processo de criação mais enxuto do que o Gerenciador de anúncios. Com apenas alguns cliques, é possível criar a campanha, o conjunto de anúncios e os anúncios pertencentes a ela.

Feito isso, basta selecionar a aba “Conjunto de Anúncios” e configurar a segmentação e a programação. Por último, é preciso estruturar o seu criativo e “subir” as mudanças, clicando em “Revisar alterações” no canto superior direito da tela.

Outra grande vantagem do Power Editor é a grande quantidade de recursos que ele possui para deixar o processo de criação e edição mais rápido e fácil. É realmente muito simples alterar qualquer elemento, desde a campanha, passando pelo conjunto de anúncios e até mesmo os anúncios em si.

Ele possibilita, em poucos cliques, a criação de um novo elemento, sua duplicação, edição (onde há também o recurso de edições rápidas e em massa, tais como editar o nome ou localizar e substituir alguma palavra em um ou mais elementos), ou eliminação.

Há também um recurso que permite a reversão de possíveis alterações feitas acidentalmente. Além da possibilidade de exportar dados da sua campanha para uma planilha do Excel ou inserir tags para melhor identificar sua campanha posteriormente.

Mas nem tudo são flores com o Power Editor

Apesar de ser uma excelente ferramenta na criação e edição de uma campanha, o Power Editor deixa muito a desejar no quesito de gerenciamento. As métricas são exibidas de forma desorganizada, em um espaço pequeno, o que dificulta muito a visualização.

Da mesma maneira que acontece no Gerenciador de Anúncios, o Power Editor possibilita a personalização das colunas. Mas isso não diminui a complexidade na hora de visualizar e avaliar os dados.

A união faz a força traz melhores resultados

Como você já deve ter percebido até agora, as duas ferramentas são essências para a criação e acompanhamento de suas campanhas de Facebook Ads. Em suma, o Power Editor destaca-se por seu ágil processo de criação e edição. O Gerenciador de Anúncios, no entanto, sai na frente quando o assunto é analisar as métricas e acompanhar o desempenho das campanhas.

Entretanto, como citado no início do post, isso pode variar de anunciante para anunciante. Para escolher qual delas você prefere utilizar no seu dia a dia, é preciso estudar e utilizar ambas as ferramentas, a fim de identificar qual se adequa melhor ao seu modo de operar.

Mesmo com a utilização e análise das duas ferramentas, você ainda pode ficar com dúvida. Se isso acontecer, é possível agir da mesma maneira que este analista que vos escreve: utilizar as duas!

Como cada ferramenta se destaca de maneira diferente, elas podem se complementar, ocasionando resultados ainda mais satisfatórios.

 

E então: Power Editor ou Ads Manager? Espero que esse post lhe ajude a entender melhor essas duas ferramentas de criação e gerenciamento de campanhas no Facebook. Isso para que você consiga descobrir aquela que mais se adapta à sua rotina.

Se tiver alguma dúvida ou sugestão, por favor, não hesite em comentar.
Até o próximo post!

[sc name=”victor-dognini” ]

[optinform]