Tendências de SEO de 2018 - Raffcom - Agência Full Service
 Tendências de SEO de 2018

Tendências de SEO de 2018

Todos os anos, os webmasters ficam esperando para saber quais serão as tendências de SEO e quais fatores de rankeamento o Google irá priorizar. Como já sabemos, SEO é um conjunto de técnicas para conseguir as melhores posições na search do Google, e só se consegue um bom resultado quando a experiência do usuário é levada em conta.

Neste post, apontaremos as principais tendências de SEO de 2018, que serão praticamente obrigatórias para estar entre as primeiras posições!

HTTPS já!

Desde junho de 2014 o Google vem incentivando os webmasters a utilizarem o HTTPS para fomentar uma web mais segura. No começo, os sites que usassem HTTPS ganharam uma pequena bonificação nos resultados de busca – menos de 1% do total. Agora, os sites que ainda estão em HTTP já recebem um aviso ao lado do seu endereço de “Não seguro”.

Os webmasters têm até julho deste ano para vincularem seus sites em HTTPS, pois, à partir desta data, o Google exibirá uma “caixa” ao usuário notificando que aquele site não é seguro para navegação. Além disso, os sites com certificado terão melhor posicionamento no resultado.

Não tem jeito, é preciso vincular o seu website em HTTPS, principalmente se for e-commerce. No entanto, na hora de adquirir o certificado, é importante ter cuidado com alguns pontos.

Tenha cuidado com quem irá adquirir o certificado

Não basta ser HTTPS, precisa ser de uma origem confiável. Para padronizar essa mudança, o Google Chrome indica o Let’s Encrypt, uma autoridade de certificação gratuita que garante a segurança do site. É importante que essa migração seja feita pelo programador do seu site, para que não ocorram erros.

Redireciona!

Se houve uma migração do seu website de HTTP para HTTPS, é preciso que, em todas as páginas, sem exceções, seja feito o redirecionamento 301, ou seja, um redirecionamento permanente. Com isso, haverá apenas uma URL pela qual o usuário irá entrar e uma só URL que o Google irá ler.

Meu site já está vinculado em HTTPS, e agora?

Parabéns pra você!

Porém, para ter certeza do nível e configurações de segurança, faça um teste na ferramenta Qualys Lab, sugerida pelo próprio Google para se certificar de que está tudo correto.

Versão Mobile é prioridade

Não adianta fugir. Para o Google, a versão mobile do seu site é a versão principal e é ela que terá mais relevância e irá definir o seu rankeamento. Tudo isso porque a cada dia as pessoas vêm pesquisando ainda mais via mobile e não via desktop. E mesmo que o seu site receba mais acessos vindos do desktop, o mobile não pode ser ignorado.

Você pode ter tanto um site versão mobile, quanto um site responsivo que se adapta a todos os formatos, sem precisar mudar a URL. Caso o seu programador opte por criar uma versão mobile, tenha consciência de que é preciso seguir as mesmas técnicas de SEO usadas na versão desktop, como conteúdo de qualidade, estudo de palavras-chave e todas as outras otimizações que conhecemos.

É importante também que, na versão de desktop do seu site, seja colocada a tag Canonical dando a relevância para a versão mobile, para que o Google possa ler e entender que existem 2 versões do site.

Não é segredo, mas vale sempre lembrar que o seu site precisa ser rápido na versão mobile, ou seja, carregar por completo em menos de 5 segundos. Para isso teste a velocidade do seu site em dispositivos móveis com a ajuda do Google e, caso seja preciso, realize as melhorias necessárias para alcançar esse objetivo.

Utilize o AMP

A sigla AMP significa Accelerated Mobile Pages, ou seja, é um acelerador de páginas para dispositivos mobile, criado pelo Google e outras empresas de tecnologia parceiras. O Google não prioriza, nem beneficia os websites que possuem o AMP. Porém, como já sabemos, o principal fator de rankeamento é a experiência do usuário e o usuário quer uma navegação rápida.

O AMP funciona como se fosse uma segunda versão do seu site mobile, mostrando somente as informações mais relevantes do site, fazendo com que ele carregue o mais rápido possível.

O AMP é usando principalmente por portais de notícias e blogs, onde o conteúdo carregará mais rapidamente. Mas os e-commerces também podem utilizar dos benefícios do AMP, como é o caso da versão mobile do eBay, um ótimo exemplo que deu certo.

Depois que o programador instalou o AMP nas páginas do site, é importante que o mesmo seja testado para que se tenha certeza sobre a sua validação. Isso pode se dar através do The AMP Validator, basta inserir a URL de uma página AMP utilizando “/amp”. Se estiver tudo correto, irá aparecer assim:

amp tendencias de seo - Tendências de SEO de 2018

Vale muito a pena investir em cada uma dessas  tendências de SEO de 2018, só não se esqueça de todos outros fatores de rankeamento de SEO, que já mostramos aqui no blog e que são tão importantes quanto. Com um conjunto de boas práticas, o seu site estará sempre nas primeiras posições.

Até mais!

    talia_de_souza

Talia de Souza

Analista de SEO

blog@raffcom.com.br


Cadastre seu e-mail
I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )
Coloque o seu e-mail ao lado para receber as atualizações do blog!
Fique tranquilo, pois nós também odiamos spam. Seu endereço de e-mail não será vendido ou compartilhado.
Continue lendo

6 ferramentas de Social Ads que fazem toda diferença nas campanhas

Agora que você é quase um mestre Jedi no assunto Social Ads, já deve ter percebido que as plataformas de mídias sociais são um meio incrível de as empresas se conectarem com seu público-alvo. O problema é que, no dia a dia atarefado de uma empresa, não sobra tempo para que o essas redes sejam […]

Como interagir com seus clientes nas Redes Sociais

Segundo um estudo da eMarketer, até o final de 2017 haverá 97.8 milhões de pessoas utilizando redes sociais no Brasil, o que corresponde a praticamente metade da população que aqui habita. Isso evidencia um fato inquestionável: as mídias sociais são verdadeiros canais de comunicação em massa. Da mesma forma que a televisão, por exemplo, elas […]

5 dicas para uma segmentação de sucesso no Facebook Ads

Você já se perguntou por que suas campanhas não convertem? A resposta pode estar na segmentação dos seus anúncios. Por mais que seu produto seja bom, o desconto seja chamativo e o seu atendimento seja de qualidade, de nada adianta oferecê-lo para alguém que nem sabe do que você está falando ou que não está […]